Ele preferiu o iPhone... (Fonte da imagem: iStock)

Uma pesquisa realizada pelo site Gazelle mostra que 4% das pessoas utilizam o iPhone durante o ato sexual. O estudo foi realizado nos Estados Unidos e foram entrevistadas mil pessoas. Além disso, 15% dos entrevistados disseram que passariam um final de semana sem manter relações sexuais, mas não abririam mão do smartphone.

Em comunicado, a empresa destacou ainda outros dados que mostram a relevância do smartphone da Apple para o consumidor norte-americano. Quando perguntados com qual plataforma eles não seriam capazes de viver sem, 65% responderam o iPhone enquanto apenas 1% escolheu o Facebook.

Quanto às características mais desejáveis para o próximo iPhone, 40% dos entrevistados destacaram que gostaria de ter um aparelho com tela maior. Outros dados apontam ainda que 70% das pessoas que possuem um iPhone abandonaram outros dispositivos, como iPod ou MP3 Player, 55% abandonaram as câmeras digitais e 40% não usam mais aparelhos de GPS.

Exibir o aparelho também parece ser fundamental para 25% dos entrevistados. Eles destacaram que sempre utilizam o iPhone em ambientes sociais, como um restaurante ou uma festa. Já o banheiro é quase uma unanimidade: 85% das pessoas utilizam o aparelho enquanto fazem as suas necessidades.

Fonte: Mashable