O segredo para se chegar aos 127 anos? Nunca se casar
2.966
Compartilhamentos

O segredo para se chegar aos 127 anos? Nunca se casar

Último Vídeo

No dia 31 de agosto, Leandra Becerra Lumbreras fez aniversário. Você sabe quem é ela? Ninguém menos do que a mulher mais velha do mundo! Em 2014, a mexicana completou 127 anos e pode ser considerada a pessoa do sexo feminino mais idosa. No entanto, ela não tem como comprovar isso, já que perdeu os seus documentos há 40 anos.

O governo mexicano está fazendo de tudo para que novos documentos sejam fornecidos a Leandra e até já entrou com o processo para que seja feito rapidamente. Somente depois que a documentação estiver pronta é que o Guinness Book poderá oficializar o recorde. Por enquanto, o título fica com a japonesa Misao Okawa, que tem 115 anos.

O segredo de tanta força

Leandra tinha 27 anos quando aconteceu a Primeira Guerra Mundial, 40 quando a Rainha Elizabeth subiu ao trono, 75 quando John Kennedy faleceu, 82 quando o homem foi à Lua, 100 quando o Muro de Berlim veio abaixo e ainda hoje ela continua lúcida e com saúde. Já não faz as mesmas coisas de antigamente, é claro. Mas se recorda de tudo o que viveu.

O segredo de tanta longevidade? Uma boa dieta à base de alimentos naturais, comer chocolate entre as refeições, fazer exercícios físicos, dormir bem, ter um entretenimento (no caso dela, costura e tecelagem) e nunca se casar! Leandra foi mãe solteira, teve 5 filhos, 20 netos, 73 bisnetos e 55 tataranetos. Inclusive viu a morte de vários deles.

Uma de suas netas, Miriam Alvear, de 43 anos, relata sobre a avó: “Ela é totalmente lúcida. Ela refresca sua mente com suas histórias da revolução... Minha avó sempre foi uma mulher que lutou. Ela ainda estava costurando e tecendo até cerca de dois anos atrás e nunca deixou de estar ativa. É por isso que vive por tanto tempo”.

“Seus pais eram cantores e ela sempre gostou de entreter os netos com as cantigas antigas que eles lhe ensinaram”, Miriam continua. “Ela sempre teve os dentes perfeitos, mesmo com idade avançada. Também não tem diabetes ou hipertensão, por isso pode comer tantos chocolates e doces do jeito que ela gosta”.

A história de Leandra

Leandra tem uma história de muita luta. Ela participou da Revolução Mexicana, em 1910, sendo líder de um grupo de soldados mulheres conhecidas como “Las Adelitas”. O objetivo delas era ajudar os homens durante a sangrenta guerra civil e acabaram contribuindo significativamente com o seu esforço e batalha diária.

A maioria das combatentes, também chamadas de “Las Soldaderas”, era responsável pelo transporte de produtos, preparação das refeições, limpeza dos equipamentos dos soldados ou trabalhava como prostituta. Cerca de 200 mulheres lutaram ao lado dos homens em batalhas, enquanto algumas eram espiãs para as forças revolucionárias.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.