Como evitar e reduzir estrias?
31
Compartilhamentos

Como evitar e reduzir estrias?

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

1 – A relação com o peso

Manter-se dentro do peso ideal para seu gênero, sua altura e sua idade é uma forma de evitar as estrias, já que esse tipo de marca costuma aparecer quando ganhamos ou perdemos muito peso rápido demais.

2 – Mantenha a pele hidratada

Sempre é válido hidratar a pele, e isso vale especialmente para mulheres grávidas, que terão a região da barriga esticada ao longo da gestação. Para garantir uma melhor absorção, aplique o hidratante com a pele úmida, após o banho.

3 – Aliás, mantenha o corpo todo hidratado

Não adianta passar hidratante e óleos na pele se você fica o dia inteiro sem tomar água. Se faltava mais um incentivo, lá vai: manter o corpo hidratado ajuda a diminuir as chances de as estrias chegarem.

4 – Use filtro solar

Os raios solares têm a capacidade de tirar a hidratação da pele e deixá-la ressecada. Um dos problemas disso é que as estrias acabam se desenvolvendo mais facilmente – o jeito, então, é sempre usar filtro solar.

5 – Coma alimentos saudáveis

Ter uma dieta balanceada e rica em nutrientes e fibras faz com que a pele fique saudável e flexível, o que previne o aparecimento de estrias.

6 – Trate as estrias vermelhas

Estrias vermelhas são novas e, quanto mais cedo você as trata, melhores serão os resultados. Para saber qual tipo de tratamento é o mais adequado para você, consulte um dermatologista.

7 –Vitamina A

Essa vitamina faz parte do único tratamento em forma de creme que realmente diminui a aparência das estrias, clareando as marcas e fazendo com que elas pareçam menores. Durante a gestação e a amamentação, é importante falar com seu médico sobre o uso de algum tipo de suplementação à base de vitamina A.

***

Ainda que tenhamos métodos para evitar que as estrias surjam ou, pelo menos, fazer com que apareçam pouco, vale lembrar que elas são extremamente comuns e que quase todas as pessoas as têm em alguma região do corpo. Cuidar-se é sempre uma boa ideia, mas não vale se deprimir por causa de algo tão comum no corpo humano, hein!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.