Seja o primeiro a compartilhar

4 vantagens da caminhada em relação à corrida

1. Sistema imunológico

A corrida não queima apenas a gordura, pois pode agir inclusive sobre os tecidos musculares. Assim, quando você pratica corridas, principalmente de longas distâncias, seu corpo acaba colocando muita pressão inclusive sobre o sistema imunológico – algo que não acontece se você pratica apenas a caminhada.

2. Coração

Uma pesquisa com 60 corredores da Maratona de Boston, feita em 2004 e 2005, mostrou que 60% deles (36 pessoas) apresentavam um elevado índice da enzima troponina cerca de 20 minutos após o término da corrida. A troponina está presente naturalmente no coração, mas em quantidade excessiva pode causar problemas cardiovasculares, inclusive com risco de ataque cardíaco.

Para piorar, 40% dos corredores (24 pessoas) também desenvolveram necrose miocárdica, um dano irreversível nas células do músculo que controla o coração. Já estudos envolvendo apenas a caminhada não apontaram qualquer irregularidade da troponina nem a necrose miocárdica.

3. Ossos

Acredita-se que a corrida possa causar osteoartrite, isto é, uma degeneração da cartilagem e dos ossos do joelho e do quadril, mas isso ainda não é algo conclusivo. A princípio, uma corrida isolada não tem essa capacidade, mas praticar o exercício com muita frequência e por longas distâncias poderia gerar esse problema, também conhecido como artrose, que causa muita dor aos portadores.

Isso acontece porque os corredores podem esvaziar as glicoproteínas lubrificantes, alterar a produção de colágeno e remover gradativamente a cartilagem. Com isso, os ossos ficam em atrito uns com os outros, podendo gerar microfraturas entre si.

4. Insolação

Quando uma pessoa fica muito tempo exposta ao sol, ela pode acabar pegando uma insolação, isto é, seu corpo superaquece, eliminando uma quantidade excessiva de água e nutrientes. Quadros de insolação precisam de tratamentos com urgência, já que podem danificar o cérebro, os rins, os músculos e o coração.

Entre os praticantes de exercício físico, a insolação é mais frequente entre quem corre do que entre quem caminha – ainda que, é claro, seja possível de acontecer com o segundo grupo. Acontece que a corrida exige maior esforço físico e, por isso, pode levar a quadros de insolação muito mais rapidamente.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.