Seja o primeiro a compartilhar

Você consegue descobrir qual gêmeo fuma só de olhar para essas fotos?

As pessoas já deveriam saber o quanto o cigarro é prejudicial para a saúde, sendo responsável por diversas doenças pulmonares e cardíacas, como enfisema e câncer. Porém, um fotógrafo quis apelar para algo mais visível: o estrago que essa droga causa na aparência.

Para isso, ele fez registros de irmãos gêmeos, um tabagista e o outro não, para demonstrar os danos profundos que esse vício causa na pele, no cabelo e nos dentes. Você não vai precisar se esforçar muito para adivinhar quais são os fumantes.

1. Nestes retratos, o homem da direita é o fumante. Você pode notar que, em comparação ao irmão, ele tem olhos “menores”, como se estivessem mais apagados, além de mais rugas e marcas de expressão. Até mesmo o seu cabelo recuou mais.

2. Embora tenham a mesma idade, a diferença entre estas irmãs é muito grande. Um dos maiores danos sofridos pela mulher da direita é na pele, que ficou cheia de manchas e marcas. A área dos lábios também foi profundamente afetada. 

3. Esta comparação é menos evidente, mas ainda aparente. A mulher do lado esquerdo é fumante e você pode notar por suas rugas mais pronunciadas na testa, na região dos olhos e em torno do nariz. 

4. Nestes retratos, a mulher da direita é tabagista, porém só fuma cerca de dois cigarros por dia, o que faz a diferença entre as duas ser menor. Você pode notar que o cabelo e os olhos dela foram prejudicados. 

5. Neste caso, a pele da mulher da direita está bem marcada, principalmente embaixo dos olhos e em torno da boca, evidenciando o “bigode chinês”. 

6. Estas irmãs já são idosas e, apesar de a da esquerda ter mais cabelos brancos, é a da direita que faz uso do tabaco. A principal diferença entre elas está nos olhos.

7. Outras duas irmãs com mais idade: a senhora da esquerda carrega mais marcas, evidenciadas em sua bochecha, em volta dos olhos e da boca e em seu pescoço. 

*Publicado em 7/11/2016

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.