15 hábitos comuns que estão comprometendo a sua saúde bucal
272
Compartilhamentos

15 hábitos comuns que estão comprometendo a sua saúde bucal

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Cuidar da higiene bucal é uma tarefa relativamente simples, mas mesmo assim acabamos cometendo erros que colocam em risco a nossa saúde, de uma maneira geral. A revista Time falou recentemente a respeito desses equívocos, e nós resolvemos dividir algumas descobertas interessantes com você. Confira:

1 – Escovar os dentes enquanto faz outras coisas

Tudo bem, você é aquela pessoa capaz de realizar várias tarefas ao mesmo tempo. Parabéns por isso. Na hora de escovar os dentes, no entanto, o bom mesmo é manter o foco apenas nessa atividade, de preferência no banheiro em frente ao espelho, para garantir que todos os dentes serão escovados do jeito certo. Ninguém faz um trabalho bem-feito quando está distraído.

2 – Limpar a escova de dente exageradamente

Você já deve ter ouvido por aí que escovas de dente são entupidas de bactérias. E você também já deve ter aprendido receitas milagrosas para se livrar do problema: lavar a escova na máquina de lavar louça, deixá-la tostando no micro-ondas, de molho em água quente, e por aí vai. Sabe o que essas medidas fazem? Elas estragam a sua escova, e uma escova estragada não limpa bem os dentes.

A boa notícia é que nunca ninguém ficou doente por causa das bactérias de uma escova de dente. O ideal mesmo é lavar o objeto com água corrente, sempre após o uso, deixar as cerdas secas e a escova em um ambiente arejado, sem contato com mais nada. Além do mais, o bom senso é sempre indicado: escovas de dente têm prazos de validade, e é fundamental que você substitua a sua velha por uma nova de tempos em tempos.

3 – Consultar a internet em vez do dentista

A internet é um mar de informações e dicas para tudo o que se pode imaginar, inclusive para deixar os dentes mais brancos e saudáveis. Acontece que qualquer pessoa pode criar um site e publicar as dicas que quiser, mesmo sem autoridade alguma sobre o assunto. Antes de testar gororobas caseiras que você encontra na internet, pergunte ao seu dentista o que ele pensa sobre isso.

4 – Guardar sua escova de dente molhada em um lugar fechado

Se você almoça fora de casa e escova os dentes em um banheiro do trabalho ou da escola que frequenta, possivelmente guarda a escova em um estojo, ainda que ela não esteja completamente seca. Se possível, deixe sua escova em um lugar arejado, afinal bactérias e fungos adoram ambientes úmidos. Capinhas de escova e estojos devem ser usados somente para o transporte do item.

5 – Escovar os dentes depois de beber suco de laranja

Muitas pessoas tomam suco de laranja pela manhã, igual ao que acontece nas novelas. Em seguida, como querem sair de casa com um hálito fresco, escovam os dentes e nem fazem ideia de que estão perdendo o esmalte natural dos ditos cujos. De acordo com a dentista Dra. Alice Lee, que foi entrevistada pela equipe da Time, antes de escovar os dentes é preciso neutralizar a região da boca bebendo um pouco de leite ou água – se possível, basta esperar 30 minutos para então escovar os dentes.

6 – Não levar o bruxismo a sério

O bruxismo é basicamente o ranger de dentes contínuo, que se manifesta involuntariamente. Se você já percebeu que a todo o momento está rangendo os dentes, procure um dentista. Casos mais sérios de bruxismo provocam enxaquecas, perda dental, problemas de mordida e, inclusive, mudança na aparência facial. Se alguém já disse a você que seus dentes continuam a ranger mesmo enquanto você está dormindo, não deixe de marcar uma consulta com o seu dentista.

7 – Fumar

O cigarro é um péssimo companheiro, e, se você ainda fuma, temos mais um motivo para convencê-lo a largar de vez os seus rolinhos de nicotina: o tabaco é um dos maiores causadores de doenças bucais, incluindo retração de gengiva e perda óssea e dental.

8 – Usar palitos de dente com frequência

De vez em quando, para retirar alguma coisinha que ficou presa entre os dentes, tudo bem. O problema é que algumas pessoas acreditam que palitos de dente substituem o fio dental, quando isso nunca foi verdade. Os palitinhos também podem machucar pessoas que têm gengivas mais sensíveis. Fique esperto!

9 – Não ir ao dentista

É lógico que dentistas vão dizer que é errado não ir ao dentista, mas, considerando que esses profissionais são pessoas que estudaram a saúde bucal de ponta a ponta, deveríamos dar um voto de confiança a eles.

A dentista Dra. Alison Newgard explica que ignorar a necessidade de visitar esse profissional é um círculo vicioso: as pessoas ficam anos sem ir ao dentista e, quando vão, precisam realizar diversos procedimentos que – adivinha só – fazem com que elas odeiem tanto a cadeira do dentista que acabam passando mais longos anos longe dela. O ideal é ir ao dentista a cada seis meses.

10 – Abusar dos clareadores dentais

A obsessão por dentes cada vez mais brancos faz com que muitas pessoas abusem dos clareadores. O que muita gente não sabe é que esses produtos comprometem o esmalte dos dentes e deixam sua boca muito mais sensível. Ironicamente, quando o esmalte dos dentes vai embora, eles ficam mais escuros, e não mais claros. Ou seja...

11 – Não ter o hábito de beber água

Se você ingerir pelo menos dois litros de água por dia, já pode dizer que está fazendo uma coisa ótima pelo seu corpo. Não beber água é tão ruim que afeta até mesmo a sua saúde bucal: parece bizarro, mas o simples ato de inundar sua boca com água de tempos em tempos pode deixar seus dentes mais fortes. Além do mais, a água ajuda a limpar o seu sorriso, removendo vestígios de ácidos e açúcares.

12 – Não ingerir cálcio e vitamina D

Vitaminas e minerais não são necessários apenas para a construção de um corpo saudável, mas para a manutenção de força e da densidade de nossos ossos e dentes. O cálcio pode ser encontrado em leite e derivados, aveia, ovos, brócolis, amêndoas e em muitos outros alimentos.

A vitamina D pode ser encontrada em alimentos como leite, ovos, manteiga e peixes – além disso, o sol é também uma fonte dessa vitamina, e a recomendação é a de que sejam realizados três banhos de sol por semana, de aproximadamente 15 minutos, antes das 10h da manhã.

13 – Consumir sucos em excesso

Mesmo que o suco seja natural e repleto de vitaminas, não se deve consumir essa bebida em grandes quantidades, como se fosse água. A verdade é que sucos são, para a sua boca, um banho de ácidos corrosivos e de açúcar. O jeito é tomar água depois de ingerir esses sucos e, sempre que possível, escovar os dentes.

14 – Usar escova de dente de cerdas duras demais

Da mesma forma que palitos de dente machucam suas gengivas, escovas com cerdas muito duras também não são uma boa ideia. De novo, quem fica em risco, além da gengiva, é o esmalte dos dentes, afinal objetos duros danificam a superfície dos dentes. Dra. Lee recomenda o uso de escovas de cerdas macias.

15 – Beber refrigerante

Um estudo feito em 2013 avaliou a saúde bucal de um voluntário que não apenas tinha uma higiene bucal abaixo do ideal como bebia cerca de dois litros de refrigerante por dia. A conclusão? A bebida extremamente popular pode causar os mesmos danos aos dentes do que a metanfetamina.

Na verdade, bebidas ácidas provocam corrosão dental. Nesse sentido, é bom evitar o consumo de refrigerantes normais e sem açúcar e, inclusive, de bebidas isotônicas.

***

Logicamente, é difícil cortar todos os hábitos que acabam prejudicando a nossa saúde de uma forma ou de outra. Ainda assim, é interessante saber que hábitos são esses e que malefícios eles podem causar, especialmente se você pretende ter uma rotina de vida mais saudável.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.