Telescópio registra imagens inéditas e incríveis da atividade solar
151
Compartilhamentos

Telescópio registra imagens inéditas e incríveis da atividade solar

Último Vídeo

Astrônomos do Observatório Solar de Big Bear, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, esperaram quatro anos para conseguir essas incríveis fotos do Sol. Em detalhes impressionantes, os registros mostram a intensa atividade magnética da superfície solar e a direção de movimento das ondas de plasma superaquecidas.

Essas imagens foram obtidas através do “novo telescópio solar”, construído especialmente pelo Instituto de Tecnologia de New Jersey (NJIT) para estudar o Sol. O equipamento tem um diafragma de mais de um metro e meio de abertura e o mais moderno sensor de imagem para capturar fotos em detalhes e em tempo real.

A pesquisa com o New Solar Telescope (NST) começou ainda em 2009, mas as melhores imagens do Sol foram capturadas recentemente, em maio desse ano, quando o Observatório pôde registrar um momento de alta atividade magnética na superfície do astro, com boa exposição à luz visível.

Nas duas imagens abaixo, divulgadas pelo centro de pesquisa, podemos ver o quanto é intensa a atividade do Sol, com a movimentação de plasma, além de explosões e manchas solares. A primeira foto, à esquerda, é um registro em detalhes de uma mancha solar, enquanto a segunda imagem revela a chamada fotoesfera do Sol, a região da superfície que emite luz.

Fonte da imagem: Reprodução/NJIT

A observação monitorada do Sol e a criação de telescópios cada vez mais potentes ajudam a comunidade científica a entender o astro. Há ainda muitas dúvidas sobre o funcionamento das forças magnéticas do Sol e de como ele pode influenciar a vida na Terra ou a atividade de outros planetas. Quem sabe alguns mistérios do universo podem ser decifrados com o olhar atento aos céus e ao nosso astro central.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.