Como usar: color blocking

Como usar: color blocking

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Sabemos que nem tudo o que aparece nas passarelas pode ser levado para as ruas sem parecer estranho. Mas o color blocking – que significa “blocos de cores” – pode ser facilmente adaptado e transposto para o seu dia a dia.

Backstage do desfile da Gucci em Milão.
Fonte: Getty Images

O nome já diz tudo – a tendência se baseia em blocos coordenados de cores, desde as roupas até os acessórios. Com predominância das cores fortes, a proposta é experimentar de tudo um pouco. E isso é o mais divertido da nova tendência: ela permite que você misture diferentes peças, texturas e tecidos, combinando tudo com acessórios modernos para compor um look despojado, divertido e, acima de tudo, repleto de cores.

A tendência surgiu nas passarelas internacionais com as coleções de verão, em setembro de 2010. A Gucci foi a primeira a colocar em suas passarelas uma modelo com uma produção que misturava laranja, roxo e verde, em um desfile em Milão. Em seguida, outras marcas e estilistas aderiram ao estilo e o color blocking foi tomando seu espaço. Entre os que apostaram estão a Prada, Louis Vuitton e Diane von Furstenberg.

Entenda o color blocking

Para saber como escolher as peças – e não sair por aí parecendo uma integrante de uma banda de rock colorido – é importante prestar atenção nos detalhes na hora de combinar as peças e acessórios. Sendo assim, é fundamental entender melhor como se relacionam as cores e os tons.

Grande parte das produções em color blocking são baseadas nas cores contrastantes. As cores contrastantes são aquelas que, no gráfico, estão em posições opostas. Observe que o verde está em oposição com o vermelho, o azul com o laranja e o roxo com o amarelo. Estas são as três combinações básicas. Você pode escolher uma blusa e uma calça, por exemplo, cada peça em uma das cores que forma o par. Assim é impossível errar na coordenação das cores!

Outro tipo de combinação possível é com as cores análogas. Cores análogas são as cores vizinhas, que se assemelham bastante. No gráfico, basta escolher três cores que apareçam na sequência, uma ao lado da outra. Por exemplo, você pode compor um look com peças em rosa, vermelho e laranja, ou ainda, verde azul e roxo. Como aqui a combinação é com três cores, um jeito de coordenar tudo é investir em um bom acessório. Escolha duas das cores para as roupas e a terceira pode ficar por contar de uma bolsa ou clutch.

Para quem não deseja chamar muito a atenção, é possível escolher tons de uma mesma cor – o famoso tom sobre tom. No gráfico abaixo, note que cada cor plena possui modulações de tons que vão clareando gradativamente. Coordenando os tons, você pode criar efeitos muito interessantes em produções mais discretas.

Invista, assim como nas passarelas, em peças lisas, com cores fortes e vibrantes. Para variar um pouco você pode apostar nas texturas dos tecidos. Para produções do dia a dia, prefira tecidos leves e cores opacas como a sarja ou o algodão. Já se o look é para um evento à noite, tecidos com brilho caem melhor: o cetim e a seda prometem um acabamento mais fino.

Aderindo ao color blocking

É claro que não é tão simples assim aderir a uma tendência. Se você deseja tentar, mas não se sente muito confiante, existem alguns truques que podem ajudar bastante na hora de compor o visual. Comece pelos acessórios – com destaque especial para bolsas e sapatos. Como sabemos, os acessórios certos podem incrementar um look e deixá-lo bastante diferente. Aproveite o fato de que é possível encontrar sapatos fabricados com mais de uma cor numa mesma peça. E as bolsas em cores fortes, de qualquer modelo e tamanho, são suficientes para compor o visual. Os cintos também podem ser usados com sucesso em um look de color blocking.

Olivia Wilde elegeu a calça preta para neutralizar as cores vibrantes. Fonte: Getty Images

Outra maneira de começar aos poucos é misturar as peças coloridas com tons neutros como branco, preto ou bege. Se você ainda não arrisca usar três cores simultaneamente, experimente combinar uma blusinha básica com saia ou calça, em cores diferentes, e escolha um casaquinho neutro – se você optar pelo preto, o tom escuro vai fechar o look e deixá-la com um ar mais sério, já o branco possibilita um maior destaque às cores, dando uma impressão mais leve. Outra maneira bem fácil de aproveitar as cores é combinando as peças coloridas com uma meia-calça preta. As pernas em um tom neutro apresentam um visual mais clássico e dão espaço às cores na medida certa. Essa é uma boa aposta para uma ocasião mais formal.

Vale ainda optar por uma única peça monocromática e criar pequenos blocos de cores. Um vestido vermelho, por exemplo, pode ser usado com um lenço ou um sapato verde. Aos poucos você pode passar a incrementar este tipo de look com mais acessórios, como uma bolsa, um cinto ou até uma meia-calça colorida. Quando você menos esperar, estará vestindo um estilo color blocking completo!

É importante lembrar que não é preciso se limitar a divisão de peças para criar os blocos de cor. A tendência não indica que devemos usar uma blusa de cor plena, com uma calça em cor contrastante e uma bolsa numa terceira cor qualquer. A palavra de ordem do color blocking é experimentar. Tente combinar as peças que você tem de forma a criar um look divertido e descontraído. Os blocos de cores podem estar em uma única peça, por que não? Alguns modelos de vestidos têm listras em tecidos diferentes que, por si só, já formam uma peça em color blocking. Então, nada de ficar fazendo contas e distribuindo igualmente as cores das peças – quanto mais assimétrico, mais interessante o seu look vai ficar.

Confira a galeria e inspire-se as criações que andam desfilando por aí.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.