15 costumes bizarros que você deveria ter à mesa em tempos antigos
13
Compartilhamentos

15 costumes bizarros que você deveria ter à mesa em tempos antigos

Último Vídeo

Costumes à mesa são coisas que fazem muita gente passar vergonha ou ser olhada de forma diferente por outras pessoas. Ao sair de casa, já não devemos nos comportar da mesma maneira, então imagine se for para visitar outra região ou outro país.

Em todos os lugares há uma cultura diferente para o modo de agir durante uma refeição. Nós trouxemos alguns desses costumes na lista de 13 hábitos que as pessoas têm à mesa em diferentes partes do mundo, e esse tipo de situação vai mudando com o tempo. Os modos hoje são diferentes dos de tempos antigos, enquanto outros são adotados, abandonados ou alterados.

O site Mental Floss apresentou uma lista interessante com 15 costumes antigos e bizarros praticados à mesa em diferentes partes do mundo. A maioria já não existe mais, mas é interessante dar uma olhada a título de curiosidade.

Grécia Antiga

1. Você está comendo e precisa limpar as mãos, mas como vai fazer isso se os guardanapos ainda não foram inventados? Na Grécia Antiga, era preciso utilizar uma fatia de pão que era conhecida como apomagdalia. Ao finalizar a refeição, o “pão guardanapo” era misturado com os outros restos e jogado no chão para os cachorros comerem.

2. Esqueça a manteiga e o leite. O consumo desses itens era considerado abominável pelos gregos. Inclusive, certa vez um poeta humilhou o povo Trácio, localizado ao norte, chamando-os de “comedores de carne”.

Acampamentos Beduínos

3. Era preciso esfregar as mãos na areia do deserto, na parte de fora de sua cabana, antes e depois de qualquer refeição.

4. O que fazer quando um pão cai no chão? Esse é um costume que muitas culturas árabes também possuem: pegue rapidamente, beije e levante até a altura da testa.

5. Terminou o seu café? Então balance a sua caneca para evitar que seja servido mais.

Comunidades Viking

6. Não existiam garfos, então o negócio era espetar a comida com uma faca bem afiada.

7. A bebida servida na taça feita de chifre não podia ser recusada. Essa era uma atitude considerada rude, a menos que você fosse velho ou estivesse doente.

Europa Medieval

8. Na França, antes de cortar e preparar uma carne, um tempo devia ser separado para um juramento por ela.

9. Segundo o renomado teólogo Erasmo de Roterdã, se você precisasse soltar gases e pudesse se retirar, o ideal era fazer sozinho. Caso contrário, disfarçar o som com uma tosse era uma saída.

10. A educação mandava jogar os ossos roídos no chão. O problema era acertar alguém.

Roma Antiga

11. Você devia comer com as mãos, mas manter sempre limpos os dedos anelar e mindinho.

12. Precisava ir ao banheiro? Não era necessário pedir licença e se levantar. Havia um penico próximo à mesa que você poderia utilizar.

13. Ser grosseiro e recusar comida em uma festa não era algo bacana. Se já estivesse com a barriga cheia, você deveria colocar o dedo na goela para liberar um “espacinho”. O intelectual Sêneca descreveu esse hábito como se eles vomitassem para comer e comessem para vomitar.

Hungria do Século 19

14. Você jamais poderia brindar tocando os copos um no outro. Esse costume ficou mal-visto pelos húngaros depois que os exércitos austríacos comemoraram com esse gesto ao acabar com a Revolução Húngara, em 1848. Alguns húngaros prometeram que não iriam brindar bebidas pelos próximos 150 anos, e até hoje essa atitude é considerada imprópria no país.

15. Beber um drink de um sapato para comemorar as núpcias. Esse era um costume que os noivos possuíam após casar. Na lua de mel, eles tomavam bebidas no sapato de casamento que a noiva havia utilizado.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.