(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

A cada dia que passa, os carros que conduzimos vão ganhando cada vez mais tecnologias, transformando-se em máquinas mais inteligentes e seguras para a nossa comodidade. Tanto que, uma vez que essas novidades tenham sido desenvolvidas o suficiente, a tendência é que os carros “se dirijam” sozinhos.

O site Discovery News publicou um interessante artigo sobre os avanços que estão transformando os automóveis em verdadeiros computadores sobre rodas, e você pode conferir abaixo algumas das novidades que em breve devem se tornar itens de série.

Carros que estacionam sozinhos

(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

A verdade é que muita gente tem dificuldade para estacionar — embora a maioria não admita! —, e fabricantes como a Toyota, BMW e Ford já estão trabalhando em sistemas baseados em tecnologias como o uso de sensores ultrassônicos, sonares e câmeras para facilitar a vida dos motoristas.

Alguns modelos da Ford, por exemplo, já contam com sensores ultrassônicos e computadores de bordo que manobram o volante sozinhos, deixando para os motoristas o único trabalho de controlar o freio e o acelerador.

Carros que não deixam você sair da linha

(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

Outra tecnologia que já se encontra disponível são os sensores que mantêm os veículos em suas respectivas pistas, avisando os motoristas cada vez que eles invadem as outras faixas. A Lexus e a Ford já contam com modelos que vêm com esses sensores, ajustando automaticamente a direção cada vez que o carro sai de sua trajetória ou fazendo o volante vibrar para alertar o motorista.

Carros que não deixam você dormir

Algumas fabricantes, como a Lexus e a Mercedes-Benz, estão trabalhando em um sistema que se certifica de que os olhos do motorista estão focados onde deveriam — e bem abertos! A tecnologia envolve lâmpadas de LED que iluminam debilmente o rosto do condutor, permitindo que uma pequena câmera monitore o movimento dos olhos.

(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

Assim, cada vez que o sistema percebe que o motorista não está atento o suficiente, um alarme ou sinal é disparado, acionando os freios caso não ocorra nenhuma reação por parte do condutor, evitando acidentes causados pelo fato de ele ter caído no sono.

Outro sistema permite que o carro “aprenda” como o motorista dirige e armazene essas informações, acionando alarmes e freios no caso de o condutor adotar um comportamento fora do habitual.

Carros com reflexos

(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

Nem sempre conseguimos reagir a tempo de evitar pequenas colisões e acidentes. Assim, cada vez mais carros estão sendo equipados com sensores que determinam a distância na qual nos encontramos dos demais veículos, utilizando essa informação para acionar os freios caso seja necessário.

Além disso, pequenos radares, câmeras e iluminadores infravermelhos localizados nas partes dianteiras e traseiras dos automóveis podem estimar a distância com relação aos demais veículos e ajustar a velocidade.

Carros que enxergam o ponto cego

(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

Sabe aqueles ângulos que não conseguimos enxergar através dos espelhos retrovisores e que, vez por outra, nos fazem levar alguns bons sustos? Já existem tecnologias capazes de perceber o movimento na traseira dos carros, acionando os freios automaticamente, além de outro sistema que dispara um aviso luminoso no espelho retrovisor, alertando o motorista caso algo ou alguém se encontre no ponto cego.

O que vem por aí

(Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News)

Com o objetivo de garantir a segurança dos motoristas, algumas das novidades incluem radares infravermelhos, conferindo aos carros visão noturna; veículos que conversam entre si através da tecnologia Wi-Fi e Bluetooth, permitindo que os computadores de bordo coordenem o trânsito e avisem o motorista sobre qualquer eventualidade; além de carros que se dirigem absolutamente sozinhos.

...

O melhor de tudo é que a maioria das tecnologias mencionadas acima já existe e, embora a transição entre os carros do agora para os carros do futuro ainda deva levar algum tempo, todas essas novidades um dia deverão ser itens obrigatórios em todos os veículos.

Fonte: Discovery News