Conheça o jerboa, um adorável roedor do deserto [vídeo]
231
Compartilhamentos

Conheça o jerboa, um adorável roedor do deserto [vídeo]

Último Vídeo

Das areias do Deserto de Gobi, que fica parte na Mongólia e parte na China, passando pela Península Arábica e chegando até o norte do continente africano, vive um animalzinho muito curioso. Ele se chama jerboa e parece um rato que resolveu usar pequenas pernas de canguru para saltar por aí em busca de comida.

Pode parecer que os jerboas resolveram trocar os braços por pernas super longas, mas na verdade a espécie possui membros superiores. A questão é que eles são tão curtinhos que ficam escondidos em meio à pelagem do animal. Os joelhos desses roedores também ficam ocultos em meio aos pelos, então o que parece um joelho virado para trás na verdade equivaleria à articulação do tornozelo em um ser humano.

A parte inferior das pernas de um jerboa não são suas canelas, mas sim o correspondente aos ossos metatarsos dos nossos pés, se eles fossem todos fundidos em uma coisa só. Portanto, os pequenos “sapatos” desses animais são o equivalente aos nossos dedos dos pés. O ato de se locomover saltando é uma ótima forma de evitar o contato prolongado com as areias quentes do deserto e das regiões áridas onde vivem, o que explica o porquê de eles serem dessa forma.

Apesar de um jerboa adulto medir menos de dez centímetros de altura, eles conseguem saltar a mais de 1,8 metro de altura. Contudo, além das formidáveis patas traseiras, outra estrutura vital no corpo de um desses roedores adoráveis é sua cauda. Sem ela, o pequeno mamífero não consegue se manter equilibrado nem mudar rapidamente de direção enquanto tenta escapar de seus predadores, que normalmente são aves de rapina.

Eles têm hábitos noturnos, provavelmente para evitar o calor do deserto, e se alimentam de sementes e pequenos insetos, de onde tiram toda a água de que precisam, e por isso nunca bebem nenhum líquido. E apesar de parecer que estão sempre ligados na tomada, saltitando furiosamente de um lado para o outro, os jerboas na verdade passam a maior parte do tempo cavando atrás de sementes enterradas, comendo, cochilando ou tomando um bom banho de areia.

No entanto, se precisarem mesmo correr por suas vidas, são capazes de atingir até 24 km/h. Além disso, quando escolhem uma toca, normalmente fazem isso perto de áreas com vegetação ou em meio às rochas para evitar seus predadores. Se mesmo assim alguma coisa chegar perto demais, normalmente há alguma rota de fuga alternativa em seus refúgios para garantir que eles não virem refeição de ninguém.

Qual foi o animal mais estranho que você já encontrou? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.