7 lindíssimas danças de acasalamento protagonizadas por aves
154
Compartilhamentos

7 lindíssimas danças de acasalamento protagonizadas por aves

Último Vídeo

Como você faz para conquistar um parceiro? Enche o Tinder de likes à espera de ser retribuído? Vai para a balada e procura alguém no fervo da pista de dança? Marca algum encontro às cegas? Leva para jantar ou prefere pegar um cineminha?

No reino animal, muitas espécies apelam para passos coreografados na tentativa de encontrar sua cara-metade. E, nesse sentido, as aves são as maiores pés-de-valsa da natureza! Por isso, o site Mother Nature Network fez uma compilação com os reis da pista do mundo ornitólogo e agora nós trazemos para vocês os 7 rituais de acasalamento mais curiosos das aves:

1. Dançarino-de-cabeça-vermelha

O dançarino-de-cabeça-vermelha é um pequeno passarinho da América Central que se alimenta de frutas. Apesar de sua plumagem escura, com a cabeça de um vermelho bem intenso, o que mais chama a atenção nessa ave é o seu ritual de acasalamento – tanto que ela tem sido chamado de Michael Jackson das aves.

O macho faz uma espécie de “moonwalk” nos galhos das árvores para chamar a atenção das fêmeas. Entretanto, esse movimento de deslizar não é o único passo de dança que ele faz. O dançarino-de-cabeça-vermelha também dá giros enquanto está empoleirado, além de fazer um som com o movimento de suas assas.

2. Albatroz-de-patas-negras

Os albatrozes são reconhecidos por suas danças na hora de acasalar e um dos exemplares dessa espécie, o albatroz-de-patas-negras, mostra que é um exímio dançarino. Tanto que o namoro só vai funcionar se o macho e a fêmea estiverem no mesmo ritmo.

Seus movimentos incluem as cabeças balançando, as asas levantadas e o bico apontando para o céu. Tudo perfeitamente sincronizado como se o casal estivesse treinando para a final do “Dança dos Famosos” do mundo animal.

3. Ave-do-paraíso

As aves-do-paraíso têm um dos rituais de dança de acasalamento mais famosos entre as penosas – tanto que já isso foi tema de documentário. A subespécie soberbia possui uma tonalidade bem escura de azul e levanta suas asas em uma espécie de leque, que é ao mesmo tempo impressionante e de uma beleza inigualável.

Depois, para impressionar a fêmea, o galanteador fica saltitante ao seu redor e ainda faz um barulho curioso com o bater de suas asas. Não há quem possa resistir, não acham?

4. Plitoris

Outra ave-do-paraíso com um ritual encantador é a plitoris. Com movimentos parecidos com o exemplo acima, esta espécie cria um leque ainda maior, que, apesar de esconder sua cara, mostra suas penas com cores iridescentes, ou seja, que brilham conforme o reflexo solar, normalmente em tons de azul ou verde.

E ele sabe seduzir! Sem mostrar o olhar, ele tem que exibir aquilo que tem de melhor em si: seu peito e sua envergadura. Tudo isso acompanhado de gritos para atrair a atenção da fêmea. E o macho ainda alterna qual das asas vai deixar mais à mostra.

5. Pavão

Se você pensa que apenas a espécie humana é obcecada pelo tamanho do documento, saiba que no reino animal isso também acontece. Com os pavões, o que chama a atenção é sua bela cauda, que chega a corresponder por 60% do tamanho do bichinho. E, é claro, o macho faz questão de exibi-la às formas como forma de conquistá-las.

E tudo isso é feito de maneira discreta: o macho precisa exibir sua cauda sem ter a certeza de que as fêmeas estão conferindo. Elas vão levar em consideração o tamanho, o formato e as cores para poder decidir por seu futuro marido. E como são elas que escolhem, isso tem feito a evolução da espécie deixar essa parte do corpo do macho ainda mais deslumbrante.

6. Tetraz-silvestre

O tetraz é uma espécie de galinha selvagem que vive na América do Norte e tem características muito curiosas em sua plumagem, em sua forma e, principalmente, em seu ritual de acasalamento.

Existe uma subespécie chamada de tetraz-silvestre ou galo-da-pradaria que infla o peito para chamar a atenção da fêmea. Isso provoca um som muito peculiar, sendo uma das danças de acasalamento mais bonitas da natureza.

7. Flamingo-andino

E não dá para terminar este artigo sem falar do balé dos flamingos-andinos. Essa é uma das quatro espécies de flamingos do mundo e a que tem um dos rituais mais curiosos: todas as aves ficam praticamente coladas umas às outras enquanto repetem um passo de dança em busca de seu parceiro.

Apesar de parecer uma intensa suruba, os flamingos-andinos são monogâmicos. No ritual, eles ficam com os pescoços erguidos, virando a cabeça de um lado para o outro incansavelmente, até encontrarem seus parceiros para toda a vida. Incrível, hein?

***

E aí, gostou do ritual de acasalamento dessas aves? Qual delas possui a dança mais bonita, em sua opinião? 

*Publicado em 16/11/2015

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.