Réplica chinesa de Paris se tornou uma cidade fantasma
215
Compartilhamentos

Réplica chinesa de Paris se tornou uma cidade fantasma

Último Vídeo

A China é hoje uma das maiores economias do mundo e tem poder de fogo (e dinheiro) para realizar as mais imponentes obras arquitetônicas dos dias de hoje. Basta ver alguns dos projetos em desenvolvimento no país, como o Sky City, que deve se tornar o maior edifício do planeta, ou o hotel de luxo que está sendo construído em uma pedreira abandonada.

Aos olhares do mundo, a China pode parecer um grande canteiro de obras, com construções pipocando em cada esquina. Por essa razão também, o país tem produzido as imagens mais impressionantes de desapropriações que não deram certo, tal é a velocidade de modificação da paisagem urbana.

Outro fator que começa a aparecer como consequência do crescimento acelerado do país e do ritmo frenético da construção civil é a bolha imobiliária que parece prestes a explodir. Isso fica evidente quando vemos cidades como Tianducheng, na província de Zhejiang, a réplica chinesa de Paris.

Fonte da imagem: Reprodução/Reuters Aly Song

Tianducheng é uma das cidades construídas pelo governo chinês que copia monumentos e traços arquitetônicos de famosas metrópoles da Europa. Porém, apesar do alto investimento e da recriação de um dos lugares mais bonitos do planeta, a cidade está praticamente abandonada.

No vídeo abaixo, podemos conferir como Tianducheng se tornou uma cidade fantasma, com grandes prédios desocupados, poucas pessoas nas ruas e um silêncio quase perturbador. O registro do videografista Caspar Stracke passa a sensação de desolamento e certa depressão de andar pela Paris chinesa.

Há analistas que defendem que não há risco de uma crise no setor imobiliário chinês e que cidades como Tianducheng logo se tornarão ocupadas conforme a China continua a se urbanizar.

Uma Paris para chinês ver (mas não morar)

A pequena Paris na China começou a ser construída em 2007 com a perspectiva de abrigar cerca de 10 mil pessoas. Hoje, a população da cidade não passa de 2 mil habitantes, e grande parte dessas pessoas vive ali porque trabalha em um parque de temática francesa nos arredores.

Já houve intenção do governo de construir escolas, hospitais e clubes de recreação em Tianducheng, mas os planos estão aparentemente suspensos. Ter uma réplica da Torre Eiffel (de um terço do tamanho da original) não foi suficiente para atrair moradores para a região. Resta saber se a China vai conseguir revitalizar sua Paris e não deixar uma cidade bonita como essa às traças.

Fonte da imagem: Reprodução/Reuters Aly Song

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.