Aos 104 anos, Grace Brett parece ser a artista de rua mais velha do mundo
935
Compartilhamentos

Aos 104 anos, Grace Brett parece ser a artista de rua mais velha do mundo

Último Vídeo

É enorme a quantidade de dicas que encontramos por aí para quem busca ter uma vida longa e cheia de qualidade. Nesse sentido, é sempre bom ouvir a palavra daqueles que têm mais propriedade: os idosos. Nós já falamos, por exemplo, da história de Leandra Becerra Lumbreras, que disse que não se casar foi seu segredo para chegar aos 127 anos de vida. Já o chinês Xu Fenghuang afirma que chegou aos 106 anos graças aos jogos de video game.

Para Grace Brett, uma escocesa de 104 anos de idade, o segredo talvez esteja em fazer crochê. Caprichosa e detalhista, dona Brett foi chamada pela galera do Bored Panda de a “artista de rua mais velha do mundo” – taí um título incrível, não é mesmo?

E aí você pode estar se perguntando como, exatamente, a arte de rua e o crochê se misturam. A resposta é: com muita criatividade, é claro. Basicamente, as peças de Brett saíram das tradicionais mesinhas de centro em direção às ruas do município de Borders, na Escócia. Confira o resultado na galeria a seguir:

“Eu pensei que era realmente uma boa ideia decorar a cidade e gostei de ter o meu crochê incluído”, disse a nossa artista do dia. Orgulhosa, Brett afirma que se sente bem ao ver seu trabalho espalhado pela cidade – de fato, as peças feitas pela artesã cobrem bancos, cabines telefônicas, pontes e muros da região.

Além do visual diferente, a arte de Brett trouxe mais cor ao município. Para sua filha, Daphne, o novo projeto apenas coloca o trabalho da mãe em uma perspectiva diferente – ao que tudo indica, dona Brett estaria fazendo crochê de qualquer forma, ainda que não estivesse trabalhando para o projeto de decoração municipal.

Outros idosos além de Brett foram chamados para ajudar a enfeitar a cidade. A iniciativa fez parte de um festival de arte que acabou há alguns dias. Além das peças cheias de vida e cor, Brett nos presenteou com um exemplo: idade, segundo ela, não deve nos impedir de participar de outros projetos. Conte para a gente o que você achou dessa iniciativa!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.