Saúde! Confira algumas curiosidades sobre bebidas vendidas mundo afora
300
Compartilhamentos

Saúde! Confira algumas curiosidades sobre bebidas vendidas mundo afora

Último Vídeo

Não importa o dia da semana: há sempre alguém afim de um happy hour ou até mesmo uma balada que se estende até altas horas da madrugada. E o que nunca falta nessas ocasiões são bebidas servidas aos montes.

Então, que tal darmos uma olhada nos “bons drinks” mais curiosos do mundo? Depois de ver a lista abaixo, você poderá confirmar que aquela bebida de nome obsceno vendida nas barraquinhas da praia nem é tão exótica quanto parece.

1. Cerveja, uma das bebidas mais antigas do mundo

Acabamos nem percebemos, mas sempre que abrimos uma latinha de cerveja estamos provando uma bebida muito antiga. Há registros históricos de que a cerveja era produzida a cerca de 10 mil anos atrás, o que leva a crer que ela é, inclusive, mais antiga do que o vinho.

Como passar do tempo, muitas mudanças ocorreram no processo de fabricação da cerveja e até mesmo “canudinhos” arcaicos foram inventados para que as pessoas pudessem apreciar a bebida sem ingerir o substrato dos cereais que se acumulavam no fundo.

A primeira cerveja em lata a ser vendida no mundo Fonte da imagem: Reprodução/All that is interesting

É claro que a bebida caiu no gosto popular e até mesmo pessoas importantes, como o primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washington, possuía sua própria fábrica de cerveja. Foi só em janeiro de 1935 que a primeira cerveja enlatada do mundo, a Krueger Cream Ale, passou a ser vendida.

2. Por que colocar fogo em bebidas?

A elaboração de coquetéis está cada vez mais elaborada. Uma das táticas para deixar uma taça atraente é misturar bebidas de cores e densidades diferentes, que dão um visual bastante colorido ao drink. Mas há quem recorra a um truque um pouco mais extravagante: fogo!

Fonte da imagem: Reprodução/All that is interesting

Ao queimar o álcool de um drink, o fogo acaba alterando o sabor da bebida e realçando gostos que talvez não fossem percebidos naturalmente. Essa técnica faz com que o teor alcóolico do coquetel diminua, mas ainda assim vale  a pena experimentar, pelo menos uma vez, esse tipo de espetáculo.

3. Bebidas com animais

Em alguns bares do Brasil ainda é comum encontrar garrafas de pinga com cobras dentro. Mas na China e na Coreia a situação vai bem mais além. Uma das bebidas mais famosas é, sem dúvida, o vinho de filhote de rato.

Fonte da imagem: Reprodução/All that is interesting

Por incrível que pareça, os filhotes, com poucos dias de nascimento, são colocados ainda vivos na garrafa da bebida e fermentados durante um ano antes de serem vendidos. De acordo com os costumes locais, a bebida é uma espécie de "elixir da saúde" e pode ser usada para curar desde simples resfriados até doenças no fígado.

E para ficar ainda melhor, uma dica: se quiser aproveitar ao máximo os benefícios dessa bebida, recomenda-se comer os pequenos animaizinhos depois de beber o conteúdo da garrafa.

4. Os coquetéis mais caros do mundo

Quando você estiver de passagem pelo Japão e tiver milhares de dólares para gastar à toa, não deixe de se hospedar no hotel Ritz-Carlton e pedir pelo drink “Diamond is Forever”, uma bebida à base de vodka Grey Goose e um toque de limão, mas com uma surpresinha: um anel de diamantes dentro da taça. Aliás, é sempre bom reforçar: cuidado para não engoli-lo!

Fonte da imagem: Reprodução/All that is interesting

Se ainda não for o suficiente para você, viaje até a Austrália e peça pelo “Winston”, um drink no valor de US$ 13 mil (cerca de R$ 26,2 mil). Criado pelo Bartender Joel Heffernan, a bebida chegou a entrar para o “Guinness Book” e o que torna ela tão cara são duas doses de um conhaque do ano de 1858. Para ter uma idéia, uma garrafa dessa bebida custa, em média, US$ 157 mil (R$ 317 mil).

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.