Quais são os lugares do mundo mais procurados por suicidas?
436
Compartilhamentos

Quais são os lugares do mundo mais procurados por suicidas?

Último Vídeo

Você provavelmente já leu alguma coisa a respeito dos lugares mais românticos do mundo, dos mais caros, mais exóticos, mais isolados etc., mas você sabia que alguns lugares são famosos também pela fama de atrair suicidas? Há alguns meses, o Mega Curioso publicou uma matéria a respeito de um desses lugares, conhecido como a floresta da morte, no Japão. Confira a seguir mais alguns locais constantemente procurados por quem quer dar um fim à própria vida.

9 – Metrô de Londres

Fonte da imagem: Reprodução/Telegraph

A capital da Inglaterra conta com um sistema de transporte público bastante eficiente, e a rede de metrô Underground é famosa no mundo todo pela sua eficiência. Conhecido também como The Tube – o tubo, em uma tradução livre –, a rede de transporte funciona desde o século XIX e conta com 270 estações ao longo de seus 402 km de trilhos.

Justamente por ter se tonado um lugar popular e desenvolvido, com inúmeros trens circulando a todo momento, é possível que você presencie alguma cena trágica nesse que é um dos lugares mais procurados por quem comete suicídio. Há registros frequentes de pessoas que simplesmente pulam diante de trens em movimento.

Apesar da popularidade das estações de metrô quando o assunto é suicídio, essa não é a melhor escolha: apenas 40% das pessoas morrem, e quem sobrevive precisa pagar multas por atrapalhar o funcionamento dos trens.

8 – Torre Eiffel

Fonte da imagem: Reprodução/KinghdWallPaper

É até compreensível que alguém pense em morrer nesse cenário magnífico, considerado o 3º local mais procurado por suicidas em toda a França. Apesar de seu formato, a torre tem bastante segurança e é muito difícil que alguém que suba pelas escadas ou elevadores consiga, de fato, pular.

Ainda assim, muita gente determinada consegue tal façanha escalando a torre na surdina, depois de ela se encontrar fechada ao público. Há também quem pule mesmo durante o seu funcionamento e acabe se estatelando no primeiro andar. A administração de um dos pontos turísticos mais famosos do mundo alega que faz tudo o que pode para evitar esse tipo de situação, mas que, mesmo assim, esses casos são bastante frequentes.

7 – Ponte de Nusle

Fonte da imagem: Reprodução/Expats

Praga, a capital da República Tcheca, tem uma arquitetura admirada no mundo todo, e os arredores da Ponte de Nusle contêm pequenas casas e prédios antigos. A ponte, porém, contrasta com esse cenário e, com seus 43 metros de altura, sustenta a principal via expressa do país, um viaduto e a linha de metrô local.

Essa estrutura imensa acabou ganhando popularidade entre aquelas pessoas que pretendem acabar com a própria vida. Cerca de 300 pessoas já pularam dela desde que foi construída, há 40 anos. O local também é conhecido hoje como “ponte do suicídio”.

6 – Penhascos de Beachy Head

Fonte da imagem: Reprodução/TourBlaze

Parece mesmo que quando o assunto é suicídio as pessoas buscam paisagens famosas e bonitas. Esse penhasco de giz fica localizado no sul da Inglaterra e tem paredões com 162 metros de altura, que terminam em união com o mar logo abaixo. Em média, 20 suicídios por ano são confirmados nesse local.

Por causa desses tristes episódios, muita gente acaba ficando em alerta, incluindo funcionários, moradores, taxistas e uma organização chamada Samaritanos, que faz uma vistoria nos penhascos uma vez por dia.

5 – The Gap

O anjo do penhasco Fonte da imagem: Reprodução/Whatsonxiamen

Esse desfiladeiro gigante na Austrália é um dos cenários mais bonitos de todos os tempos. E um dos mais perigosos também. É meio difícil saber se as pessoas que morreram lá queriam mesmo isso ou se sofreram algum acidente.

Da mesma forma que acontece em Beachy Head, esse penhasco é vigiado com frequência por funcionários do local e moradores, cujo maior representante foi um cidadão chamado Don Ritchie, que morava pertinho do penhasco e aprendeu a observar os possíveis suicidas, dos quais se aproximava perguntando se poderia ajudá-los de alguma forma.

Assim, ele acabou convencendo muitas pessoas a desistirem de pular. Em vez de acabarem com a própria vida, elas terminavam o dia tomando chá na casa de Don. Infelizmente, Don morreu em 2012, mas, durante sua vida, salvou 160 pessoas e ficou conhecido como “o anjo do penhasco”.

4 – Niagara Falls

Fonte da imagem: Reprodução/CliftonHill

Aproximadamente 40 pessoas pulam nas cataratas todo ano, sendo que 5 mil corpos já foram encontrados nas profundezas desse mundaréu de água no período de 1850 a 2011. Os administradores do local afirmam que é praticamente impossível promover um sistema de segurança 100% eficiente, já que as cataratas contam com vários pontos para possíveis saltos.

3 – Ponte Golden Gate

Fonte da imagem: Reprodução/Minube

Esse cenário já bem famoso fica nos EUA, a 75 metros acima da baía do Rio São Francisco. Como se podia imaginar, acabou atraindo mais do que turistas e hoje é conhecido como o segundo local mais procurado por suicidas em todo o mundo. Um cálculo feito em 2005 aponta que 1.200 pessoas já haviam saltado daquela ponte, mas as autoridades locais afirmam que esse número é, na verdade, muito mais alto, já que muitas pessoas pularam sem que alguém testemunhasse o fato.

2 – Monte Mihara

Fonte da imagem: Reprodução/WileyWitch

Esse vulcão aberto no Japão é um dos lugares mais escolhidos pelos que querem cometer suicídio desde que o primeiro caso registrado, no começo do século passado. Só no ano de 1933 944 pessoas pularam nas lavas ultraquentes do vulcão, cuja temperatura média é de 1.200 ºC.

1 – Ponte sobre o Rio Najing Yangtze

Fonte da imagem: Reprodução/ChinaTravelGuide

Tudo na China parece ser sempre o “maior do mundo” em algum sentido, não é mesmo? Então talvez você nem se espante ao saber que o lugar mais procurado em todo o planeta por quem quer dar um fim à própria vida seja essa ponte, na gigante China.

E estrutura tem mais de 6 km de comprimento e conta, em sua história, com 2 mil suicídios registrados, embora as autoridades do local afirmem que esse número, na verdade, é bem maior. Parecido com o que acontecia no penhasco australiano, essa ponte também tem um voluntário que ajuda as pessoas que tentam pular.

Estamos falando de um senhor chamado Chen, que passa todo o seu tempo livre com um binóculo em mãos, conferindo se há alguém tentando saltar da ponte. Quando vê alguma pessoa suspeita, ele vai até ela e já solicita ajuda aos bombeiros da cidade. Chen já teve algumas conversas bem-sucedidas, mas também já presenciou muita gente se matando antes mesmo de ele conseguir estabelecer contato. Até 2010, Chen já tinha salvado a vida de 174 pessoas. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.