Muralha Verde africana impedirá que o Sahel vire um deserto

Muralha Verde africana impedirá que o Sahel vire um deserto

Último Vídeo

Um "muro verde" feito de mais de 8 mil km de extensão de acácias e 15 km de espessura vai atravessar cerca de 11 países do Sahel e impedir que o lado sul das dunas da costa do Saara vire um deserto.

Descrevendo uma linha paralela ao sul do Saara, o Sahel - costa traduzido do árabe - vai abranger os territórios do Senegal, Mali, Mauritânia, Burkina Faso, Nigéria, Níger, Chade, Sudão, Etiópia Eritréia e Djibuti. A iniciativa promovida pelos países que moram no Sahel começou em 2007 e vai custar cerca de 8 milhões de euros (aproximadamente 37 milhões de reais na cotação de hoje), que será custeado pelo Banco Mundial, a União Africana e as Nações Unidas. 

(Fonte: Great Green Wall/Reprodução)
(Fonte: Great Green Wall/Reprodução)

No passado, o avanço do deserto forçou milhares de pessoas a deixarem suas casas devido a impossibilidade de plantar qualquer coisa no solo do local, em função da falta de água e erosão das terras agrícolas, o que acabou piorando a seca da região. 

Diante disso, diversas pessoas foram mobilizaram com o intuito de reflorestar o local, antes que todos morressem de fome. Depois do projeto, agora só é preciso atravessar o "muro verde" em busca de trabalho, já que este trouxe novos ares a economia africana local. 

O país que mais contribuiu para essa construção foi o Senegal, que plantou cerca de 11 milhões de acácias, uma espécie de planta nativa e resistente aos longos períodos de seca, algo comum no país. 

As vantagens do Muro Verde

As folhas desta parede verde fornecem uma substância muito importante para o cultivo do solo, além de aumentar os níveis de umidade da região. A construção também oferece sombra aos moradores, que afeta diretamente no uso da água, que já é um recurso escasso no local. 

As árvores mantêm a água presa no subsolo, o que acaba protegendo este da erosão.

Será preciso alguns anos até o reflorestamento ser completo, mas fará uma grande diferença no final, oferecendo mais trabalho e futuro para os moradores de um dos cantos mais áridos do mundo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.