Fique ligado: 7 atitudes que podem acabar com a sua entrevista de emprego
825
Compartilhamentos

Fique ligado: 7 atitudes que podem acabar com a sua entrevista de emprego

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Infelizmente, estamos passando por um momento — economicamente — muito difícil no nosso país. Milhões de brasileiros perderam seus trabalhos e estão tentando voltar ao mercado, portanto, para aqueles que conseguem vencer a concorrência e ser chamados para uma entrevista de emprego, é de vital importância se destacar entre os demais e garantir uma boa performance.

Para isso, é necessário se preparar direitinho para encarar mais essa fase do processo de seleção e tomar alguns cuidados básicos para não pôr tudo a perder. O pessoal do portal Business Insider reuniu uma série de atitudes que podem acabar com as chances de impressionar o entrevistador, então, fique ligado:

1 – Não fazer sua lição de casa

Digamos que você se candidatou a uma vaga superinteressante e combina perfeitamente com o seu perfil, mas você não conhece a companhia para a qual pretende trabalhar. Antes de ir para a entrevista, faça uma simples pesquisa na internet e se informe sobre o ramo de atuação da empresa. Isso porque pega muito mal perguntar esse tipo de coisa ao entrevistador, já que demonstra uma baita falta de interesse da sua parte.

2 – Ser pouco profissional

Mesmo que você simpatize com a pessoa que vai conduzir a entrevista e ela pareça ser bastante acessível e amigável, nunca, jamais, faça perguntas pessoais a ela, do tipo “você é casada?”, “você tem filhos?” ou pior ainda “você está grávida?” — imagine, nesse caso, a saia justa na qual você vai se meter se a pessoa não estiver!

Não, não, não...

Aproveitando que estamos falando de simpatizar com o entrevistador... nem pense — em hipótese alguma — em fazer elogios e flertar com a pessoa! Evite correr riscos desnecessários e mantenha a conversa no nível profissional apenas.

3 – Parecer ambicioso demais

Imagine que quem conduz a entrevista é o seu futuro chefe. Caso ele pergunte onde você gostaria de estar profissionalmente dentro de, digamos, cinco anos, não responda que você deseja estar em uma posição de chefia. Se coloque no lugar do entrevistador... você contrataria uma pessoa que pretende ocupar o seu cargo? Então, controle a ambição na hora de responder.

4 – Ser indiferente

Também relacionada com a atitude do item anterior, suponhamos que você foi chamado para uma entrevista por uma companhia que não seria a sua primeira escolha ou cuja vaga não é bem aquela dos seus sonhos. Ou, ainda, que você está aguardando a resposta de um processo seletivo para uma empresa melhor.

Tanto faz...

Cuide para não deixar essa informação escapar durante o bate-papo com o entrevistador, já que ele vai, evidentemente, achar que você não dá a mínima para a organização ou que você está pensando em ficar na companhia só até aparecer algo melhor.

5 – Se menosprezar

Mesmo que você pense que talvez você não seja a pessoa mais indicada para a função, jamais diga isso ao entrevistador. Afinal, o responsável pelo recrutamento leu o seu currículo e — considerando que você tenha feito a coisa certa e não tenha contado mentirinhas! — conhece a sua experiência profissional e sabe quais são as suas habilidades. Tanto que ele achou você qualificado o suficiente para te chamar para uma entrevista, certo?

6 – Apelar

Você pode até estar realmente desesperado para conseguir a vaga de emprego para a qual está sendo entrevistado, mas isso não significa que você deva apelar para a pessoa responsável pela seleção.

Nunca diga coisas do tipo “eu não sei o que vou fazer se não conseguir este emprego” ou “você não faz ideia de como as coisas estão difíceis”. Ao contrário de fazer a pessoa se sentir culpada e inclinada a te oferecer a vaga, esse tipo de atitude pode levar o entrevistador a querer distância de você e seus problemas.

7 – Criticar suas experiências anteriores

Mesmo que a sua experiência anterior tenha sido trabalhando para uma companhia infernal onde o seu chefe provavelmente era primo de Lúcifer e seus colegas fossem diabólicos, nunca, jamais, fale mal dos seus antigos empregos ao entrevistador. Guarde as críticas para você e tente encontrar o lado positivo dos desafios que você enfrentou.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.