Aqui estão 6 dicas para quem sofre por viver se preocupando à toa
465
Compartilhamentos

Aqui estão 6 dicas para quem sofre por viver se preocupando à toa

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Crescemos ouvindo que é preciso segurar as rédeas da própria vida, fazer boas escolhas e ter o controle de tudo. O problema é que nem sempre podemos controlar o que queremos, e aí a preocupação surge, rouba nosso sono e a nossa calma. De repente, o que era um probleminha passa a tomar conta da nossa mente e nos vemos obcecados, sem nos darmos conta de que, em muitos casos, simplesmente não podemos fazer nada.

Se você às vezes se pega pensando na briga daquele seu casal de amigos ou na situação financeira da empresa na qual sua irmã trabalha, se chega a perder o sono por causa de questões sobre as quais você não tem controle, está na hora de mudar um pouco de perspectiva e tentar viver uma vida mais tranquila. Confira as dicas a seguir, retiradas do portal Psychology Today:

1 – Estipule quais coisas você pode controlar

Quando perceber que está ficando preocupado, dedique um tempinho para pensar quais coisas relacionadas à sua preocupação estão sob seu controle. “Você não pode impedir uma tempestade de chegar, mas pode se preparar para isso. Você não pode controlar como alguém se comporta, mas você pode controlar como você reage”, escreveu Amy Morin em seu artigo.

Ela nos aconselha a focar nossa atenção nas coisas que podemos controlar, e não naquelas sobre as quais não podemos fazer nada. Parece simples e óbvio, mas não é exatamente fácil fazer esse exercício, por isso é importante praticá-lo sempre que possível.

2 – Mantenha o foco em sua influência

Uma coisa é você dar um conselho, outra bem diferente é querer que algo saia do seu jeito sempre. Isso, basicamente, significa que você pode fazer de tudo para planejar uma grande festa, por exemplo, mas não pode garantir que todos os convidados se divirtam e achem que a festa foi boa – possivelmente, alguém vai reclamar, e a pergunta é: adianta se preocupar?

3 – Identifique seus medos

Pergunte a si mesmo se, no caso de seus medos se concretizarem, o resultado vai ser catastrófico ou se você vai conseguir contornar as coisas. Às vezes, as expectativas não se realizam, e você ou aprende a lidar com isso ou vai se frustrar bem além do necessário.

Em vez de ficar se preocupando com o que você não quer que dê errado, pense no que você faria caso “o pior” realmente acontecesse.

4 – Entenda que ruminar não é o mesmo que resolver problemas

Não vai adiantar nada você ficar pensando freneticamente na mesma coisa negativa. Se estiver diante de um problema real, a dica é resolver isso de uma vez e não ficar pensando em como tudo dá sempre errado. Tente entender se seu pensamento ruminante é produtivo ou se ele só vai fazer mal ao seu psicológico – se você perceber que pensar demais vai ajudar a resolver o problema, ótimo; agora, se você descobrir que isso não vai te levar a lugar algum, o negócio é ir deixando que o pensamento sublime.

A melhor forma de deixar de pensar em algo que faz mal é se ocupar com outra atividade; então, quando der aquela vontade de ficar vasculhando a vida da atual namorada do seu ex, por exemplo, que é algo totalmente improdutivo, vá dar uma volta ou ver o clipe de alguma música. Fazer isso sempre vai acabar sendo uma forma de você deixar de pensar tanto naquele assunto que faz mal.

5 – Gerencie seu estresse

Cuide da sua vida de uma forma saudável: durma bem, pratique exercícios físicos, coma alimentos saudáveis, veja seus amigos, vá ao cinema, caminhe sempre que puder. Isso ajuda a reduzir os níveis de estresse do seu cotidiano. Aprender a meditar também é uma ótima pedida, hein, assim como abandonar hábitos ruins, como beber demais ou fumar.

6 – Faça afirmações positivas

Sempre que você se pegar pensando em algo que não está sob seu controle, como o clima do final de semana, diga a si mesmo algo como “eu poderei lidar com isso”, até porque, se chover ou se fizer sol, você vai realmente poder lidar com isso.

Outro tipo de afirmação positiva bacana é “faça acontecer”, que você pode usar quando estiver em algum momento tenso e precisar se acalmar. Lembre-se, sempre, que você é um ser humano como outro qualquer e pode, sim, aprender a lidar com seus pensamentos negativos e ter uma vida mais tranquila e mais feliz. É tudo uma questão de treino e, depois, de hábito.

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.