Você sabe por que é que ficamos arrepiados? [vídeo]
106
Compartilhamentos

Você sabe por que é que ficamos arrepiados? [vídeo]

Último Vídeo

Você já deve ter percebido que, em determinadas situações — como quando sentimos frio ou medo, por exemplo — a nossa pele fica toda arrepiada. Mas, embora seja uma sensação estranha, e algumas vezes até mesmo prazerosa, você sabe dizer por que é que ela acontece?

Para explicar o motivo de ficarmos arrepiados, o pessoal do canal AsapSCIENCE criou a divertida animação que você pode conferir acima. Apesar de o vídeo estar em inglês e de que você possa ativar as legendas em português no menu, segue uma breve explicação a seguir:

A verdade é que os arrepios são uma característica relativamente inútil para os humanos, herdada de nossos antigos ancestrais mais... peludos. Essa reação está relacionada a um pequeno músculo chamado “músculo eretor do pelo” que, quando se contrai, faz com que os nossos pelos fiquem de pé. Essa contração é desencadeada pela adrenalina, e quando ela ocorre, uma pequena protuberância aparece na área que rodeia os pelos.

E a adrenalina?

Fonte da imagem: Reprodução/AsapSCIENCE

A adrenalina é um hormônio liberado pelo organismo em momentos de estresse, preparando o nosso corpo para a reação de luta ou fuga. No entanto, a sensação de frio também provoca a liberação desse hormônio, e nos animais com os corpos cobertos de pelos, essa resposta pode ajudá-los a ficar aquecidos, já que uma maior quantidade de ar fica presa entre os pelos arrepiados, formando uma espécie de barreira de proteção térmica.

Voltando à reação de luta ou fuga, você já percebeu que alguns animais — como os gatos, por exemplo — ficam com os pelos das costas arrepiados quando se sentem assustados? Essa resposta involuntária faz com que os animais pareçam maiores, sendo utilizada como uma técnica para intimidar possíveis predadores.

Fonte da imagem: Reprodução/AsapSCIENCE

E o que a música tem a ver com os arrepios?

Apesar de os arrepios provocados pelo medo e pelo frio terem explicações relacionadas com a evolução das espécies, ninguém sabe dizer ao certo por que é que a música também é capaz de nos deixar arrepiados. Uma das teorias é a de que o nosso cérebro não gosta muito de surpresas, e que qualquer ação imprevista poderia provocar sinais de alerta por parte do nosso sistema nervoso autônomo.

Fonte da imagem: Reprodução/AsapSCIENCE

Sendo assim, alguns elementos musicais — como o aumento inesperado do volume ou variações repentinas em uma canção — poderiam desencadear respostas subconscientes de medo. Portanto, de acordo com essa teoria, esse poderia ser o motivo de ficarmos arrepiados quando ouvimos determinadas partes de uma música.

Contudo, o cérebro é uma estrutura extremamente complexa, e a ciência ainda não foi capaz de decifrar qual é a relação existente entre a música, as emoções e as respostas fisiológicas que o nosso organismo experimenta quando somos expostos a ela.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.