4 dicas para se dar bem em sua profissão
123
Compartilhamentos

4 dicas para se dar bem em sua profissão

Último Vídeo

Se tem uma coisa sobre a qual a Forbes entende é o mundo dos negócios. E esse assunto envolve outras questões complementares, como finanças, investimentos, carreira e por aí vai. Então, quando essa revista publica algumas dicas sobre sucesso, é bem provável que ela saiba do que está falando.

Nós vamos compartilhar com você agora algumas dicas valiosas para conseguir o que se quer. Valiosas e simples, aliás. Parece que um dos grandes problemas da tão falada Geração Y é alimentar expectativas irreais de compensação e/ou falta de ética no ambiente de trabalho.

Antes de qualquer coisa, é importante que você entenda que deve tratar a todos com o mesmo respeito, sem parecer falso, mas por uma questão básica de educação. A verdade é que você deve ser, sempre, honesto a respeito do que pensa, independente se conversa for com um estagiário novo ou com o seu chefe.

Fundamental

Fonte da imagem: Reprodução/Secorcom

E, por mais básica que pareça essa dica, muitas vezes ela não é seguida. Há sempre aquele tipo de pessoa que realmente acredita em sua tática falha de sorrir e acenar para tudo o que o chefe diz, inclusive quando é algo a respeito do que o funcionário discorda. As pessoas percebem quem fala o que pensa e é comprometido e quem apenas sorri e faz sinal afirmativo com a cabeça.

O fato de muita gente se comportar sem muita personalidade não é, afinal, culpa de ninguém, mas talvez resulte da falta de informação sobre o que realmente deveria ser feito. Acredite: tem gente por aí que não sabe, ainda, que não é preciso bancar o maquiavélico para ter sucesso. Duvida? Então confira alguns passos bem simples que podem fazer a diferença na sua vida profissional quando você quer pedir alguma coisa – desde atenção para uma ideia nova até um aumento de salário:

1 – Estabeleça conexão

Fonte da imagem: Reprodução/levo

Quando você está pedindo alguma coisa, é preciso se abrir e criar o ambiente ideal para demonstrar isso. Nessa horas, o ideal é baixar a guarda, ser claro, conciso e evitar qualquer tipo de joguinho político chato e manjado.

2 – Mantenha o controle

Fonte da imagem: Reprodução/mieste

É lógico que de vez em quando você perde a cabeça e sai falando algumas barbaridades por aí.  O problema é quando você faz isso em seu ambiente de trabalho. Por mais difícil que possa parecer, é preciso evitar ao máximo demonstrar esse tipo de vulnerabilidade.

O fato é que às vezes você abre seu coração, explica suas ideias e necessidades e as vê indo por água abaixo. Isso acontece. Outra coisa que você deve saber: nenhum emprego é perfeito e de vez em quando algo pode dar errado. Nesse momento, você deve se perguntar: o que é melhor? Estragar tudo, soltar os cachorros e pedir demissão ou ficar chateado alguns dias e continuar trabalhando?

Uma coisa é demonstrar sentimentos, outra é perder o controle da situação. Sua ideia foi rejeitada? Tenha outra melhor.

3 – Timing

Fonte da imagem: Reprodução/Martidergisi

Timing é aquele momento certo de tomar alguma atitude. Você não deve deixar esse momento simplesmente passar. A mesma lógica serve para que você perceba, por exemplo, a hora certa de NÃO agir.

Se a empresa na qual você trabalha está realizando alguns cortes de custos, não é bacana que você chegue para o seu chefe pedindo para ser promovido e transferido para uma sala maior. Pense sempre em como vão as coisas de uma maneira geral e não apenas no seu próprio benefício.

4 – Honestidade

Fonte da imagem: Reprodução/Grid

Essa palavrinha mágica pode abrir muitas portas em sua vida e é fundamental que você se mantenha honesto se quiser se dar bem em seu emprego.

Outra dica: honestidade fingida não funciona. Qualquer um sabe quando alguém está só fazendo de conta que é honesto. Na dúvida, apenas fale o que pensa, de maneira clara, sincera e tranquila. Quando quiser pedir algo para si, explique como isso também ajudaria a empresa.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.