O que é mais importante: manter o emprego ou o amor?

15/06/2011 às 07:411 min de leitura


Apesar de muitas belas histórias de amor começarem no trabalho, o medo de perder o emprego fala mais alto em relação a arriscar ter um relacionamento com um colega de profissão. Foi essa a conclusão de uma pesquisa realizada pela Spherion Staffing Service nos Estados Unidos.

O estudo apontou que, quando a economia não vai bem, as pessoas ficam menos propensas a ter um romance no ambiente corporativo, provavelmente pela probabilidade alta de perderem seus cargos devido a um vacilo amoroso e evitam a possibilidade de um namoro. "Ao se deparar com um ambiente econômico onde as demissões em massa decorrentes de reestruturação e um número crescente de desemprego reinam, os trabalhadores parecem estar menos dispostos a arriscar seus empregos para o amor” declara John Heins, vice-presidente e chefe de recursos humanos da empresa SFN Group.


A pesquisa também revelou que quase metade dos entrevistados não namoraria um colega de trabalho ou chefe de forma alguma, mesmo se essa pessoa não trabalhasse no mesmo setor. O estudo mostra que namorar alguém do mesmo local de trabalho pode acarretar grandes problemas e riscos para manter o emprego, especialmente se a relação acaba. Os dados também indicaram que as mulheres são mais negativamente impactadas do que os homens quando um namoro no ambiente de trabalho não dá certo.

Outro problema que os entrevistados declararam é que o seu romance pode ser alvo de distração da equipe e o que é pior: de fofocas. Eles também afirmaram que colegas e subordinados podem passar a respeitá-los menos. Porém, se o amor é mais forte e inevitável, a especialista em recursos humanos, Susan Heathfield, aconselhou seguir algumas regrinhas que podem fazer seu romance correr tranquilo e manter o seu emprego:

  • Conhecer as políticas de sua empresa sobre relacionamento dentro do ambiente de trabalho;
  • Manter o relacionamento privado e discreto até você revelá-lo publicamente;
  • Limitar o número de pessoas que sabem sobre o relacionamento;
  • Se o seu cargo e responsabilidades requerem que o casal trabalhe junto, vão as mesmas reuniões, comporte-se profissionalmente.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: