Jogos virtuais podem ajudar na boa forma

13/11/2012 às 15:412 min de leitura

Crédito: Reprodução/Daily Mail

Você gosta de jogos virtuais e está precisando perder uns quilinhos? Pode ser que essa notícia lhe deixe ainda mais animada com os games! Cientistas descobriram que ter um avatar em um jogo online pode melhorar a saúde de uma pessoa e até a aparência, como foi divulgado no Daily Mail.

Além disso, as pesquisas realizadas pela equipe da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, revelaram que aproveitar o poder do mundo virtual poderia mesmo levar a novas formas de tratamento da obesidade, de acordo com a equipe da Universidade de Missouri.

Eles descobriram que quanto mais as pessoas são fortemente identificadas com a sua personalidade online, ou avatar, mais elas poderiam influenciar o seu comportamento na vida real. "A criação de um avatar permite ao indivíduo experimentar uma nova aparência e personalidade, com pouco risco ou esforço", comenta a líder da pesquisa Elizabeth Behm-Morawitz.

"Essa personalidade virtual pode ter uma influência positiva na vida de uma pessoa. Por exemplo, pessoas que buscam perder peso poderiam criar avatares mais esguios para ajudá-las a se visualizarem como mais magras e saudáveis, complementa Elizabeth.

No estudo, 279 usuários de uma comunidade de realidade virtual, o Second Life, responderam a um questionário sobre o envolvimento com seu avatar e relacionamentos que desenvolveram online, bem como a sua saúde, aparência e bem-estar emocional.

A auto-presença, ou o grau para o qual os jogadores usam seus avatares como uma extensão de si mesmos, foi encontrada para prever a influência da personalidade virtual na realidade física das pessoas. Um forte senso de auto-presença no mundo social virtual promoveu positivamente a saúde e o bem-estar dos participantes do estudo.

Pessoas com altos níveis de auto-presença no mundo cibernético informaram que a sua experiência com o seu avatar melhorou a forma como eles se sentiam offline. "Este estudo não encontrou nenhuma evidência de efeitos negativos de um alto grau de auto-presença no mundo virtual dos participantes do estudo. No entanto, a possibilidade de isso acontecer não é descartada", disse Behm-Morowitz.

"Os usuários devem praticar a moderação. Entretenimento virtual, assim como outras formas de distração, como livros ou televisão, pode ser usado de forma saudável", diz a líder da pesquisa.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: