Aflição e espanto: veja a laringe de um beatboxer em funcionamento
639
Compartilhamentos

Aflição e espanto: veja a laringe de um beatboxer em funcionamento

Último Vídeo

Para quem não sabe, os beatboxers são aqueles músicos que conseguem simular sons de instrumentos musicais e reproduzir efeitos sonoros usando suas estruturas vocais. Existem vários desses caras famosos pelo mundo, e um deles é o talentoso australiano Tom Thum — de quem nós do Mega Curioso já falamos por aqui (você pode conferir a matéria através deste link).

Pois, de acordo com Bec Crew, do site Science Alert, Thum decidiu ir a um especialista para ver sua “ferramenta de trabalho” em funcionamento. Para isso, o médico — Matthew Broadhurst, do Queensland Voice Centre, na Austrália — introduziu um endoscópio pelo nariz do músico e outro goela abaixo, e é claro que o beatboxer registrou a experiência completa em vídeo.

Como nos primeiros dois minutos e meio Thum fala um pouquinho sobre sua arte, nós do Mega Curioso decidimos dar uma mãozinha para você e pular direto para a parte em que o exame começa. Aliás, se prepare para sentir aflição e espanto ao ver as cordas vocais e outras estruturas do beatboxer em ação. Confira:

Ui...

Segundo o Dr. Broadhurst, uma boa parcela do que nós acabamos de ver no vídeo acima consiste na parte superior do palato mole, isto é, o tecido mole que forma a parte de trás do céu da boca. Conforme explicou o laringologista, os sons produzidos por Thum são gerados pelos movimentos de sua língua — conforme ele a comprime, move para cima e para baixo, a “esparrama” na boca e faz outros contorcionismos com ela.

Mexe e remexe

Outra coisa que o médico observou durante o exame foi a laringe de Thum e a forma como ela se contrai feito louca quando o músico reproduz determinados sons ou sendo pressionada para cima, em direção à parte de trás do nariz, quando o beatboxer produz outros. Além disso, é possível ver diferentes tecidos vibrando — e também produzindo efeitos sonoros.

Engole essa saliva, menino!

Não restam dúvidas de que Thum é pra lá de habilidoso, mas, a verdade é que, embora ele tenha aprendido a usar suas estruturas vocais de forma impressionante, anatomicamente falando, ele não tem nada de diferente de qualquer um de nós. Sim, caro leitor, isso significa que a maioria das pessoas é do jeito que você viu no vídeo por dentro. Dá uma afliçãozinha — e até um leve nojinho daquele monte de saliva —, não dá?

***

Você sabia que o Mega Curioso também está no Instagram? Clique aqui para nos seguir e ficar por dentro de curiosidades exclusivas!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.