Desciclopédia vira fonte para apostilas de capacitação no Mato Grosso
246
Compartilhamentos

Desciclopédia vira fonte para apostilas de capacitação no Mato Grosso

Último Vídeo

Se um curso baseado em apostilas criadas com informações obtidas unicamente através da Wikipédia já não despertasse suspeitas sobre a sua qualidade, imagine só descobrir que os dados foram, na verdade, copiados de um site que satiriza a enciclopédia online! De acordo com o pessoal do Repórter MT, esse fato ocorreu, e a vítima dessa “trolagem” foi o Governo do Estado do Mato Grosso.

Segundo a publicação, a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (SETAS) solicitou a elaboração do material didático — o qual seria utilizado em cursos de capacitação de pessoal para a Copa do Mundo — ao Instituto Concluir. Os textos trolados foram descobertos nas apostilas de História, que aparentemente foram copiados a partir do site “Desciclopédia”.

Sátiras

Fonte da imagem: Reprodução/Repórter MT

O material seria distribuído em 60 cidades do interior e 6 mil apostilas foram impressas. Os municípios de Santo Antônio de Leverger, Cáceres, Barão de Melgaço e Poconé chegaram a receber o material e, além do trecho que você pode conferir na imagem acima, o que não faltaram foram textos recheados de brincadeiras e sátiras sobre a cultura e a História da região.

Outro trecho se refere à cidade de Santo Antônio de Leverger, descrevendo a localidade como um “lugar que ninguém conhece nem sabe onde fica”. O diretor do Instituto Concluir, Aroldo Portela, se responsabilizou pelo ocorrido, alegando que o problema das apostilas provavelmente se deve à ação de sabotadores. Portela garantiu que apenas parte do material continha erros, e o Governo do Estado preferiu não se pronunciar sobre o caso.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.