Por que cortar cebolas nos faz chorar?
127
Compartilhamentos

Por que cortar cebolas nos faz chorar?

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Você deve concordar que preparar uma refeição não combina com lágrimas, a não ser que você odeie muito esse tipo de atividade. Mas, então, por que é que o ato de cortar cebola faz com que nossos olhos ardam e lacrimejem?

A explicação é relativamente simples: cebolas absorvem enxofre do solo e, quando são cortadas, algumas de suas células acabam se quebrando e liberam enzimas que reagem com esse elemento químico. Essa reação, por sua vez, dá origem a sulfóxidos de aminoácidos.

Essas transformações todas de substâncias acarretam na formação do altamente instável syn-propanethial-S-óxido, que nada mais é do que a união de ácido sulfúrico, dióxido de enxofre e sulfeto de hidrogênio. Quando a cebola é cortada, esses elementos agem pelo ar e entram em contato com a lubrificação dos olhos, causando a sensação de queimação.

Chororô

Fonte da imagem:

Nosso cérebro recebe o aviso de que existe uma substância nos irritando e ativa nossas glândulas lacrimais, com a intenção de lavar nossos olhos e eliminar esses elementos intrusos por meio das lágrimas. Esse processo não ocorre com cebolas cozidas, porém, já que o cozimento interrompe a produção dessas enzimas agressivas.

Para diminuir essa sensação ruim ao cortar cebolas, você pode colocá-las na geladeira 30 minutos antes de cortá-las ou, ainda, deixá-las de molho em água gelada por alguns minutos. Essas técnicas dão um gelo, literalmente, na produção das substâncias que nos causam irritação e retardam o processo.

Outra dica é cortar a cebola embaixo da água, já que o syn-propanethial-S-óxido se dilui facilmente e perde sua força antes mesmo de chegar ao ar. Estudos indicam também que, quanto mais você corta cebolas, menos seus olhos ficarão irritados, ou seja, basta que você use mais cebolas em suas receitas para melhorar a irritação nos olhos e a sua saúde, é claro. Chega de choro!

*Publicado em 19/12/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.