Drops Históricos #024: Sua dose semanal de História aqui no Mega
16
Compartilhamentos

Drops Históricos #024: Sua dose semanal de História aqui no Mega

Último Vídeo

Nesta edição da coluna Drops Históricos, você vai acompanhar os acontecimentos que se passaram na Terra — e fora dela!  entre 10 e 16 de setembro. Nesse período, temos um dos episódios mais importantes da história recente: o 11 de setembro de 2001, quando ocorreu o ataque às Torres Gêmeas, em Nova York, nos Estados Unidos.

A gente não vai falar dele, no entanto. Nesta semana, selecionamos alguns fatos mais ligados a avanços tecnológicos, de comunicação, inovação e sustentabilidade que eternizaram na memória os dias em que aconteceram. Jornais, rádios, cinema, a descoberta da penicilina e a exploração espacial dos Estados Unidos e da União Soviética estão entre os fatos lembrados a seguir. Confira!

10 de setembro

1808:  Gazeta do Rio de Janeiro é o primeiro jornal impresso no Brasil

A população das colônias portuguesas era privada de uma série de benefícios a que apenas os "donos" do pedaço tinham acesso; um deles era ler publicações impressas, como os jornais. Mas tudo isso mudou quando, em 1808, a Família Real veio para terras tupiniquins, fugindo de Napoleão.

Entre os tantos avanços civilizatórios ocorridos naquele ano, houve a criação do primeiro jornal impresso brasileiro: a Gazeta do Rio de Janeiro, publicada logicamente na mesma cidade que era então capital do país e onde os monarcas se hospedariam.

Editada por Frei Tibúrcio José da Rocha com um único jornalista, Manuel Ferreira de Araújo Guimarães, ela era publicada duas vezes por semana e se tratava de um veículo de comunicação oficial, voltado para a vida cortesã.

11 de setembro

1997: Sonda Mars Global Surveyor entra em Marte

Pouco mais de 10 meses depois de seu lançamento da Estação de Força Aérea de Cabo Canaveral, no estado norte-americano da Flórida, a sonda orbitadora Mars Global Surveyor finalmente chegou à órbita de Marte. Sua atuação foi essencial para contribuir com um conhecimento maior sobre o planeta, durante todos os quase 10 anos em que esteve por lá.

A Mars Global Surveyor era equipada com câmera de alta resolução para fotografar a superfície do planeta, com altímetro laser, espectômetro de emissões térmicas, magnetômetro, reflectômetro eletrônico e um oscilaçdor ultraestável para medir o efeito Doppler do planeta.

Em 2 de novembro de 2006, ela parou de responder aos sinais e comandos, e três dias depois constatou-se que a sonda havia entrado em modo de repouso.

12 de setembro

1936: Inaugurada a Rádio Nacional do Rio de Janeiro

Na semana passada, falamos sobre a primeira transmissão oficial via rádio, que aconteceu no Rio de Janeiro. Desta vez, no entanto, temos o lançamento da primeira rede de emissoras pública do país, ligada à Empresa Brasileira de Comunicação.

O rádio continua sendo até hoje um dos principais meios de comunicação do Brasil, e as estações públicas fizeram história em coberturas de grandes eventos nacionais, como a época da Ditadura Militar, as Copas do Mundo e tantos outros

1939: Estreia de O Mágico de Oz, pioneiro do cinema em cores

No mesmo dia, três anos depois, o mundo via estrear o filme que foi o pioneiro do cinema colorido. Em Technicolor, "O Mágico de Oz", de Victor Fleming, foi lançado pela Metro-Goldwyn-Mayer, com elenco formado por Judy Garland, Frank Morgan e Ray Bolger. Não foi o primeiro filme colorido já lançado, mas é considerado o mais importante daquele período, em virtude do uso das cores e do conjunto da obra.

13 de setembro

1959: Lançamento do satélite Luna 2 em direção à Lua

O projeto de exploração espacial foi um dos focos da União Soviética durante a Guerra Fria, talvez o mais intenso do país. E entre os grandes avanços alcançados pelas tentativas soviéticas estava o Programa Luna, que em 13 de setembro de 1959 fez o lançamento do Luna E-1A Nº 2, cujo objetivo, claro, era alcançar a Lua.

Com 390 quilos, ele era equipado com sensores que visavam obter um mapeamento inicial sobre o satélite natural da Terra. Sua chegada permitiu compreender, por exemplo, que a Lua não possui campo magnético mensurável e, provavelmente, nem anéis de radiação.

14 de setembro

1959: A sonda soviética Luna 2 se choca com a Lua

Um dia após ter sido lançada, a Sonda Luna 2 se chocou com o solo lunar na região a leste do Mare Imbrium, perto das crateras Aristillus. A grande frustração dos norte-americanos é justamente o fato de Luna ter sido o primeiro objeto feito pelo homem a alcançar a superfície lunar, um grande feito para a humanidade. Não foi uma aterrissagem de sucesso, já que o satélite se chocou diretamente com o chão, mas pelo menos Luna esteve lá.

15 de setembro

1928: O cientista Alexander Fleming anuncia a descoberta da penicilina

Alexander Fleming era bacteriologista do hospital St. Mary's, em Londres, quando passou boa parte do seu tempo dedicado a tentar encontrar alguma substância que conseguisse conter a ação das bactérias ou apenas impedir seu crescimento. Esses esforços começaram a dar resultado quando, em 1922, ele descobriu e nomeou uma substância chamada Lisozima, antibacteriana e presente na lágrima e na saliva.

Sete anos depois, em 1929, ele estava desenvolvendo uma pesquisa completamente diferente, sobre estafilococos, quando descobriu a penicilina graças a uma série de desdobramentos inesperados.

Quando saiu de férias, em 1928, ele esqueceu algumas placas com culturas de microrganismos em seu laboratório. No retorno, ele reparou que uma delas tinha sido contaminada por um bolor, mas que em volta das colônias dele não havia mais bactérias. E foi assim que foi descoberto o fungo Penicillium, que deu origem ao bactericida mais famoso do mundo, a penicilina.

16 de setembro

1987: Assinado o Protocolo de Montreal

Há décadas, a destruição da camada de ozônio, que protege a Terra dos raios ultravioleta emitidos pelo Sol, é uma preocupação global — o que é justo, uma vez que foi nossa própria poluição que criou nela um verdadeiro buraco.

Essa preocupação se tornou mais evidente na década de 1980, quando diversos países se reuniram em Montreal, no Canadá, em 1987, para discutir as substâncias que mais afetavam a camada de ozônio e como diminuir ou substituir seu uso.

O chamado Protocolo de Montreal entrou em vigor em janeiro de 1989 e é considerado um dos mais bem-sucedidos acordos internacionais, com a adesão de 150 países. Graças a isso, o dia 16 de setembro passou a ser celebrado internacionalmente como o Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio, e o tratado realmente vem ajudando a recuperar a camada.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.