Drops Históricos #35: sua dose semanal de história!
Seja o primeiro a compartilhar

Drops Históricos #35: sua dose semanal de história!

Último Vídeo

Quão evoluída seria a humanidade se, em algum momento, alguém não tivesse descoberto o fogo ou arranjado um jeito de encanar a água e de controlar algumas grandes forças da natureza?

Graças a um bom tanto de pessoas devidamente mergulhadas na curiosidade, o homem conseguiu transformar a curva da história e, ao estudar o passado, encontrar formas de conduzir melhor seu futuro. Nesta semana, a coluna #35 dos nossos Drops Históricos traz alguns desses inventores. Howard Carter, Edmond Halley e Thomas Edison foram três desses curiosos pesquisadores que ajudaram a identificar importantes questões de antropologia, arqueologia, astronomia e muito mais.

Que tal conhecer um pouco mais sobre suas invenções e descobertas? Venha com a gente!

26 de Novembro

1922: Túmulo de Tutancâmon é descoberto

O arqueólogo britânico Howard Carter dedicou sua vida a explorar a cultura do Egito Antigo. Aos 17 anos, ele já participava do Fundo de Exploração Egípcia, contribuindo com pesquisa sobre o Império Médio. Em 1922, foi o grande responsável pela descoberta de uma das mais importantes relíquias do país africano: o túmulo do imperador Tutancâmon.

Financiado pelo aristocrata Lord Carnarvon, ele foi a primeira pessoa a pisar no túmulo da múmia mais famosa do mundo, no dia 26 de novembro de 1922. No ano seguinte, a câmara funerária foi aberta, revelando um riquíssimo sarcófago de quartzito, onde repousava o faraó adolescente.

27 de Novembro

1985: Cometa Halley passa pela Terra

Descoberto por Edmond Halley em 1696, o cometa mais famoso entre os conhecidos na Terra atingiu seu ponto mais próximo ao planeta no dia 27 de novembro de 1985.

Halley, cujo trajeto-padrão é a órbita em torno do Sol, leva entre 74 e 79 anos para passar pela Terra, de forma que uma pessoa pode vê-lo duas vezes na vida.

Halley foi descrito em "Sinopse da Astronomia dos Cometas", do autor de mesmo nome, em 1705, mas estima-se que faça passagens pelo planeta desde o século 2 a.C. No dia 27, ele atingiu sua menor distância da Terra no período: 93 milhões de quilômetros.

28 de Novembro

1958 e 1960: Colônias francesas se tornam independentes

Desde 1504, assim como Portugal, Espanha e Inglaterra, a França também visou expandir suas fronteiras por meio da colonização e exploração de terras nas Américas, África e Ásia.

Nesses cinco séculos que se passaram desde então, dezenas de países ficaram sob o comando da França, de forma que algumas das colônias somente perderam esse status menos de 50 anos atrás.

Nesse dia, 28 de novembro, em 1958, Chade, a República do Congo e o Gabão se tornaram repúblicas autônomas com relação ao seu colonizador europeu. Dois anos depois, foi a vez da Mauritânia se declarar um país independente.

29 de Novembro

1877: Thomas Edison e seu fonógrafo

No século 19, a mera possibilidade de um dispositivo capaz de gravar e reproduzir sons era mind-blowing  algo que Thomas Edison gostava particularmente de fazer com as pessoas.

Antes mesmo que pudesse revolucionar a história das tecnologias desenvolvendo a lâmpada elétrica, ele aprimorou tecnologias que estavam em andamento e desenvolveu um fonógrafo.

No dia 21 de novembro de 1877, ele anunciou sua invenção e, no dia 29, fez sua primeira demonstração pública do objeto, que tinha como princípio ser um cilindro de sulcos coberto por uma folha de estanho. Uma ponta aguda pressionava o cilindro, de modo que as vibrações do objeto geravam sons.

30 de Novembro

1986: Terremoto no Brasil

Tremores de terra não são exatamente comuns no Brasil, não é? Como não está sobre nenhuma fenda importante nas placas tectônicas do planeta, pelo menos desse mal o país está livre. No entanto, isso não significa que eles nunca aconteçam. Eventualmente, alguns sismos são registrados, mas a grande maioria deles não atinge grandes escalas.

Um dos exemplos que saem da caixa foi o terremoto de 5,1 graus na Escala Richter que, em 1986, atingiu o município de João Câmara, no Rio Grande do Norte.

Depois de observar tremores menores em agosto e setembro, a cidade sentiu às 5h19 um abalo sísmico tão grande que boa parte das pessoas que viviam na região saiu do local em busca de segurança. Na ocasião, mais de quatro mil construções foram danificadas ou ficaram destruídas.

1º de Dezembro

1822: Pedro I é coroado Imperador do Brasil

Depois de proclamar a independência do país em relação a Portugal, no dia 7 de setembro, pouco menos de 3 meses depois, no dia 1º de dezembro, Dom Pedro I foi coroado também o Primeiro Imperador Nacional, dando continuidade ao sistema monárquico que já figurava por aqui.

A decisão foi bastante óbvia, uma vez que ele era o representante mais provável para comandar o Brasil no momento, mas Dom Pedro I foi também um líder que tentou manter a unidade nacional mesmo com a insatisfação popular derivada de séculos de exploração portuguesa e de conflitos locais que cansavam a população.

Seu reinado durou 9 anos, até que abdicou do trono em 7 de abril de 1831, quando partiu para a Europa e deixou seu governo no poder do filho, Pedro II.

2 de Dezembro

1512: Primeira exposição da Capela Sistina

Nomeada em homenagem ao religioso que a encomendou, Sisto IV, a Capela Sistina fica onde antes estava a Cappella Magna. Inspirada no Templo de Salomão, do Antigo Testamento, ela foi inteira decorada por artistas renomados da Renascença italiana, com nomes como Michelangelo, Rafael, Botticelli e Perugino na lista de pintores que contribuíram para sua finalização.

Composta por afrescos que retratam a vida de Cristo e a de Moisés, resgata momentos do cristianismo desde antes do nascimento de Jesus. É uma das mais importantes obras de arte do mundo e fica no Vaticano.

Hoje aberta ao mundo para visitação, a Capela Sistina teve sua apresentação para o grande público no dia 2 de dezembro de 1512, pouco mais do que 30 anos depois de ter sido terminada sua construção. Nesse período, foram feitas as pinturas que compõem a decoração do local, bem como inseridas as finalizações, como as janelas e demais ornamentos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.