Seja o primeiro a compartilhar

Um pouco sobre vocativos, vírgula e a expressão ‘etc.’

Para a coluna desta semana, selecionei dois assuntos interessantes que são um tanto quanto ignorados no uso do dia a dia, mas podem gerar certas inadequações e até confusões dependendo do contexto. Vamos lá?

O que são vocativos?

Vocativo é o termo que tem a função de chamar, invocar ou interpelar dentro da oração. E detalhe: é OBRIGATÓRIO separar com vírgula o vocativo de outros termos na frase. Caso contrário, o significado é alterado completamente. Observe alguns exemplos:


Você viu a professora Helena? — Sem vocativo. Aqui o nome da professora é Helena.

Você viu a professora, Helena? — Com vocativo. Aqui não se sabe o nome da professora, mas o da pessoa com quem se fala é Helena.


Não é meu amigo? — Sem vocativo. Questionamento quanto à amizade em si.

Não é, meu amigo? — Com vocativo. Questionamento buscando uma confirmação sobre algum assunto = não é mesmo? não é isso?

Não é meu, amigo? — Com vocativo. Questionamento sobre a posse de algo.


No dia a dia, usamos muito os vocativos em conversas de modo geral. A lição que fica é: cuide com a vírgula!


Bom dia, pessoal

Olá, gente

Obrigado(a), meu amor

(Fonte: Tenor)(Fonte: Tenor)

Por que não se deve usar “e etc.”

Aproveitando que na coluna da semana passada abordamos o uso dos porquês, já recorri a um deles logo acima para iniciar este novo tópico — chegou a reparar? Agora, veja a seguir as regras a respeito de etc.

1. Etc. é uma expressão latina (et cetera) que significa “e as demais coisas”; sendo assim, o “e” já está implícito e a grafia “e etc.” significa uma repetição (por isso, não deve ser usada).

2. Pode-se usar ou não usar a vírgula antes do etc.

3. Já quanto ao ponto após o “c”, não há discussão: é preciso inserir o ponto no final, mesmo que seja no meio de frases.

4. Quando o termo etc. finaliza uma frase, não se deve duplicar o ponto.


Até semana que vem!

***

Debora Capella, colunista semanal do Mega Curioso, é mestre em Estudos da Linguagem e atua nas áreas de revisão, edição, tradução e produção de textos há 15 anos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.