Singular ou plural? Entenda regras da concordância verbal com numerais

As regras de concordância certamente estão entre os assuntos que geram mais dúvidas no cotidiano na hora de falar e escrever. Quando se trata de numerais fracionários e percentuais, esse cenário parece se intensificar — já reparou?

Por conta disso, organizei abaixo um resumo das regras de concordância verbal envolvendo numerais, de acordo com as explicações apresentadas por Domingos Paschoal Cegalla no Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa. Confira:

1. Numerais fracionários

Em regra, o verbo acompanha o numerador. 

Exemplos:

Um terço dos funcionários pratica esportes.

Dois terços da população vivem nas cidades.

2. Percentuais

O verbo concorda com o número expresso na porcentagem.

Exemplos:

Cerca de 70% dos idosos foram vacinados.

1% dos inscritos não compareceu ao evento.

Naquele tempo, 90% do café vinham de São Paulo.

Porém…

O plural é OBRIGATÓRIO nos seguintes casos:

a. Quando o verbo precede a porcentagem

Perderam-se 10% da colheita.

Ficaram grávidas 1% das mulheres.

b. Quando a expressão referente à porcentagem vier antes dela

Dessa imensa mata nativa, 80% foram destruídos.

c. Quando o número percentual vier antecedido de adjunto determinativo, como “esses”, “restantes”, “outros” etc.

Os restantes 30% da dívida serão pagos em parcelas mensais.

Esses 7% do valor arrecadado se destinam a orfanatos. 

Até semana que vem!

***

Debora Capella, colunista semanal do Mega Curioso, é mestre em Estudos da Linguagem e atua nas áreas de revisão, edição, tradução e produção de textos há 15 anos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.