Seja o primeiro a compartilhar

5 animais que você não sabia serem importantes para o planeta

Proteger o planeta é uma missão de todos os seres vivos que habitam nele e, nesse sentido, os animais costumam cumprir a tarefa melhor do que nós. Inclusive, algumas espécies são tão importantes para determinados ecossistemas que essas áreas geográficas não existiriam sem elas.

Dessa forma, podemos concluir que algumas pequenas criaturas são extremamente relevantes para a subsistência de um enorme sistema interligado. Ficou curioso para saber de quem estamos falando? Veja só essa lista com cinco animais vitais para os ecossistemas em que estão inseridos!

1. Pulgas

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

As pulgas podem ser um verdadeiro incômodo quando temos um animal de estimação em casa e percebemos que ele simplesmente não para de se coçar. Por esse motivo, é instintivo e recorrente que tentemos nos livrar delas o mais rápido possível para evitar que nosso lar seja "contaminado". Afinal, pulgas são vetores de doenças e podem provocar um baita dano.

Porém, elas também fazem parte da alimentação de sapos, cobras, aranhas, formigas e diversas outras criaturas. Logo, podemos concluir que sem sua existência, muitos passariam fome.

2. Vombate

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Se não bastasse o seu curioso cocô em formato cúbico — o único animal no mundo a defecar dessa maneira —, o vombate é bastante conhecido pela sua grande habilidade e desejo de cavar buracos. Essa ação é responsável por quebrar o solo e reciclar o material orgânico. 

Com isso, eles passam a funcionar como um "trator selvagem", criando canteiros perfeitos para que sementes possam crescer. Apesar de serem vistos como pragas para agricultores australianos, esses incríveis bichos fofinhos fazem mais bem do que mal para a área rural local.

Leia também: Vombate, o marsupial com cocô em formato de cubo

3. Abutres

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Abutres são comedores de carniça? Isso é inegável. Essa é uma informação necessariamente ruim? Nem de perto. O ácido gástrico existente no estômago desses animais é extremamente corrosivo e permite digerir essa carne podre sem problemas — o que viraria um problema, caso não fosse engolida por eles.

Essas aves são umas das poucas espécies que conseguem se aventurar nesse tipo de alimento, impedindo que carcaças sejam desperdiçadas e passem a virar potencial foco de desenvolvimento de bactérias e doenças. Sem os abutres, o meio ambiente estaria bem mais poluído.

4. Ratos

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Assim como as pulgas, os ratos não são exatamente o tipo de visitante que você quer ver na sua casa. Em suma, essas criaturas são grandes transmissoras de doenças e estão em contato direto com o esgoto. Porém, precisamos destacar o verdadeiro "trabalho sujo" que esses animais fazem em nossas cidades.

Os ratos se reproduzem em larga escala e são principalmente vegetarianos. Entretanto, costumam comer lixo quando não encontram mais nada e isso facilita bastante na hora de acabar com a sujeira que os humanos geram. Por fim, também são fonte de alimento de gaviões, corujas, falcões, cobras e até mesmo gatos de rua. É preciso valorizar!

5. Cupim

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Dentro da lista de "inimigos domésticos, mas que fazem bem para o mundo", os cupins são influentes. Você pode até detestá-los por comer seus móveis de madeira e infestar todos os cantos possíveis, mas precisa reconhecer que eles são fonte de alimento principal para uma enorme gama de predadores.

Uma colônia de cupins pode conter de 60 mil a 1 milhão de membros — o que representa alimento suficiente para todo mundo. Além disso, a celulose que eles consomem é excretada e faz um excelente agente de ligação pegajoso no solo que ajuda a prevenir a erosão. Nesse meio tempo, eles também são responsáveis por arejar o chão e reciclar os nutrientes.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.