Seja o primeiro a compartilhar

Quilombo Saracura: escavações no Metrô de SP ressuscitam ícone

Por conta das obras feitas na Linha-6 Laranja do Metrô de São Paulo, um sítio histórico foi encontrado onde será construída a futura estação 14 Bis, localizada no bairro Bixiga — na região central da capital. No século XIX, esse local abrigava diversos colombos em seu entorno, ficando às margens do córrego Saracura. 

A recente descoberta fez com que líderes do movimento negro e moradores do bairro passassem a organizar uma mobilização reivindicando a fundação de um memorial educativo permanente naquele espaço e também a mudança do nome da estação que será construída para "Saracura Vai-Vai". Conheça mais sobre essa história!

Descoberta do sítio histórico

(Fonte: Reprodução/Alma Preta)(Fonte: Reprodução/Alma Preta)

Em abril desse ano, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) recebeu o cadastro do sítio arqueológico Saracura/14 Bis pela A Lasca, a empresa que foi contratada para fazer o monitoramento arqueológico da Linha-6 Laranja. Durante as escavações, foram encontrados objetos como garrafas e louças. 

De acordo com os pesquisadores, esses materiais datam para um período entre o século XIX e o século XX. Os primeiros vestígios do Saracura foram interpretados como análise de alta relevância, recebendo autorização para que o resgate do sítio fosse feito de maneira imediata.

Como as obras do metrô estão sendo feitas a 3 metros de profundidade, atualmente as equipes arqueológicas fazem um trabalho de contenção para garantir a segurança do local. Ao fim de todas as análises, os pesquisadores terão mais dados para dizer a relação do sítio descoberto com o Quilombo Saracura e com a ocupação do Bixiga. Porém, as equipes já consideram o local como "muito significativo para a história da cidade".

Representação do Quilombo Saracura

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Desde que os vestígios arqueológicos foram descobertos nas escavações da nova linha do Metrô de São Paulo, existe uma pressão popular para que homenagens sejam prestadas ao Quilombo Saracura. Na visão do movimento negro, a praça que tem em frente à estação já é símbolo da genialidade de Santos Dumont e sua invenção.

Logo, a criação de um memorial educativo permanente e a mudança do nome da estação para "Saracura Vai-Vai" seria nada mais do que justo para lembrar sobre a vida dos escravos que escaparam do trabalho forçado e encontraram naquela região um lugar para se refugiar. O nome Vai-Vai, por sua vez, está relacionada à escola de samba de mesmo nome, que muito tem uma história ligada à criação do quilombo e à ocupação do Bixiga. 

No dia 27 de junho, o "Mobiliza Saracura Vai-Vai" — grupo que encabeça os pedidos de mudança — ouviram da Concessionária Linha Universidade que as empresas responsáveis pela obra ainda estão abertas para que a comunidade do bairro envie uma proposta de projeto educacional diante do que for encontrado. Para as próximas etapas, a mobilização local deve se reunir para elaborar um projeto estruturado, esperando que a concessionária concorde com suas demandas.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.