Seja o primeiro a compartilhar

5 batalhas bizarras que aconteceram em locais inesperados

Se alguém te contasse que parte da Guerra Civil dos Estados Unidos foi travada na costa da França — a milhares de quilômetros da nação envolvida no conflito —, você provavelmente acharia que é mentira, não é mesmo? No entanto, assim como diversas outras coisas na vida, algumas guerras não podem ser explicadas facilmente.

E para piorar a situação, o exemplo dado anteriormente não foi a única vez que um conflito bélico foi resolvido em um local aparentemente aleatório. Para te ajudar a entender, nós separamos uma lista com cinco batalhas bizarras que aconteceram em lugares inesperados. Olha só!

1. Estados Unidos contra Austrália

(Fonte: GettyImages)(Fonte: Getty Images)

Mesmo que o combate ao nazismo tenha sido a maior prioridade na Segunda Guerra Mundial, não podemos deixar de falar sobre os conflitos menos conhecidos. Um deles foi A Batalha de Brisbane, quando soldados do exército australiano enfrentaram seus aliados norte-americanos.

Após serem atacados pelo Japão em Pearl Harbor, os Estados Unidos mandaram algumas tropas para permanecer em Brisbane, na Austrália. Em 1942, no entanto, muitos australianos acreditavam que os norte-americanos tinham ultrapassado o limite da boa vontade e estavam ofendendo a hospitalidade local.

O que começou como uma faísca terminou em uma batalha no dia 26 de novembro daquele ano. Nesse dia, mais de 3 mil soldados se enfrentaram nas ruas da cidade. Embora a maior parte da luta tenha sido trocas de soco, um parlamentar americano atirou mortalmente em um soldado australiano e feriu vários outros — dando fim à aliança.

2. Nazistas no Canadá

(Fonte: GettyImages)(Fonte: Getty Images)

Um dos confrontos mais improváveis da Segunda Guerra Mundial aconteceu em um rio canadense, longe do oceano Atlântico e a milhares de quilômetros da frente de batalha europeia. Em 1942, submarinos alemães chegaram a Montreal e causaram a destruição de 23 navios canadenses e aliados ao longo de vários meses.

Além disso, as Forças Aliadas sofreram uma perda de 70 mil toneladas de suprimentos vitais. A defesa canadense estava mal preparada e tão pouco imaginava um ataque dessa forma. Depois de muito tempo, o reforço chegou e os nazistas foram freados, mas foi o suficiente para que os Aliados perdessem algumas forças de defesa.

3. Alasca contra Japão

(Fonte: GettyImages)(Fonte: Getty Images)

Não é comum que os Estados Unidos lutem contra potências estrangeiras em seu próprio território — ou pelo menos isso não acontece há muitos anos. Contudo, durante a Segunda Guerra Mundial, uma luta acabou passando desapercebida: em 1943, o Japão atacou a Ilha Attu, no Alasca.

O mais curioso disso tudo é que a ilha tinha uma população de apenas 40 pessoas. A ideia dos japoneses era tomar aquele território para estabelecer bases e avançar ainda mais no território norte-americano. Foi necessário mais de um ano para que os norte-americanos recuperassem aquela área, o que causou a morte de mais de 2,1 mil soldados americanos e 2,3 mil soldados japoneses.

4. Batalha de Tannenberg

(Fonte: GettyImages)(Fonte: Getty Images)

Em geral, as batalhas bélicas costumam receber o nome do local onde aconteceram ou da causa. No entanto, a Batalha de Tannenberg, em 1914, não segue esse padrão. Para a surpresa de muitos, o conflito não aconteceu na cidade alemã de Tannenberg e só foi batizada assim para méritos de propaganda política.

A Batalha de Tannenberg original aconteceu em 1410, quando as forças eslavas derrotaram os cavaleiros teutônicos naquela cidade — um conflito em que os alemães foram derrotados pelos russos. Portanto, quando os alemães conseguiram sua revanche contra os russos na Primeira Guerra Mundial, em Allenstein, atual Polônia, suas memórias ainda estavam frescas, mesmo 500 anos depois.

A pedidos do General Hindenburg, o que seria originalmente chamado de "Batalha de Allenstein" foi transformado em "Batalha de Tannenberg" pela mídia alemã, de forma que a derrota do passado fosse apagada da memória. 

5. Guerra Civil Americana na França

(Fonte: GettyImages)(Fonte: Getty Images)

A Guerra Civil dos Estados Unidos foi notoriamente travada entre União e Confederação, que disputavam o território do país e a influência política nesses locais. No entanto, mesmo que esse conflito fosse puramente entre norte-americanos, uma das batalhas mais curiosas aconteceu em Cherbourg, na França.

Em 1864, o navio confederado CSS Alabama acabou cruzando com o navio da União USS Kearsarge em território europeu. O Alabama estava em busca de reparos na França naquela época e surpreendentemente foi atacado pelos seus adversários em águas internacionais.

Como o Alabama estava completamente despreparado para o combate, o resultado foi catastrófico. A embarcação confederada foi afundada na costa francesa, alguns de seus tripulantes perderam a vida e outros tornaram-se prisioneiros da União. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.