Felix Baumgartner (à esq.) e Joe Kittinger. (Fonte da imagem: Red Bull)

Pular de paraquedas é para os fracos. O austríaco Felix Baumgartner está planejando uma empreitada bastante ousada ainda neste ano. Ele deseja bater o recorde mundial de queda-livre, saltando de uma altitude de 36 mil metros.

Para que isso seja possível, Baumgartner vai embarcar em uma cápsula que será lançada na estratosfera. Pressurizado, o equipamento é parte do projeto Red Bull Stratos e ajudará o rapaz a enfrentar temperaturas de -56 °C.

Durante a queda, um assento ejetável irá se descolar aos poucos da cápsula, fazendo com que o candidato ao recorde possa sair com facilidade e ativar o seu paraquedas. No trajeto, a queda de Baumgartner deve superar a velocidade do som.

O recorde atual pertence a Joe Kittinger que, na década de 60, saltou de uma altitude de 31 mil metros. Ele atualmente trabalha na Força Aérea norte-americana e colabora com Baumgartner no projeto. O salto está programado para o segundo semestre desse ano e será realizado no Novo México, nos Estados Unidos. A experiência deve ajudar ainda os desenvolvedores de aeronaves e equipamentos militares a acrescentar melhorias nos sistemas de emergência de futuros aviões.