15 imagens que mostram o Afeganistão antes do regime do Talibã
237
Compartilhamentos

15 imagens que mostram o Afeganistão antes do regime do Talibã

Último Vídeo

1. Localizado na Ásia Central, o Afeganistão já experimentou dias de paz e desenvolvimento humano — algo bem diferente daquilo que nos acostumamos a ver no noticiário

2. Ao olharmos para fotos antigas do país, vemos o quanto os anos de guerra entre facções religiosas transformaram a paisagem das cidades e os corpos das pessoas daquele lugar

3. Estas imagens são do arquivo pessoal do professor de estudos sociais William Podlich, norte-americano, que, na década de 1960, trocou a América pela pujante capital afegã, Cabul

4. Em entrevista ao Denver Post, a filha dele, Peg Podlich, relatou que foi dolorida a experiência de ver o Afeganistão sendo assolado por um profundo sofrimento em mais de 40 anos de guerra

5. “Quando olho para as fotos do meu pai, me lembro do Afeganistão como um país com milhares de anos de história e cultura”, conta ela

6. Neste registro, Peg, de óculos escuros, faz uma viagem de ônibus de Cabul até a cidade paquistanesa de Peshawar

7. Aqui, vemos jovens afegãs voltando para casa depois da aula — cena nunca mais vista após a chegada da milícia islâmica Talibã ao poder, em meados de 1996

8. Inaugurado em 1964, o túnel Salang, com cerca de 2,7 quilômetros, é uma das ligações mais importantes entre o Norte e o Sul do Afeganistão

9. Esta é uma parte dos Jardins de Paghman, ponto turístico de Cabul destruído no início do século 21, quando os Estados Unidos invadiram o país

10. Nos anos 1960, era comum ver grupos de jovens tomando chá ao som de músicas tradicionais da região

11. Assim como mulheres frequentando instituições de ensino superior

12. E a população participando de celebrações pela chegada do Ano-Novo

13. Essas fotos, tiradas entre 1967 e 1968, mostram um forte contraste com as cenas de guerra associadas hoje ao Afeganistão

14. E revelam a capacidade de qualquer tipo de radicalismo alterar os rumos da História

15. O marido de Peg, Clayton Esterson, responsável por resgatar esta velha Cabul do esquecimento, conta que os comentários positivos dos afegãos fazem valer a pena todo o esforço de digitalizar e restaurar essas fotos 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.