50% das pessoas que você considera amigas não pensa o mesmo a seu respeito
1.711
Compartilhamentos

50% das pessoas que você considera amigas não pensa o mesmo a seu respeito

Último Vídeo

A tecnologia nos faz ter algumas noções distorcidas da realidade, e não é comum encontrarmos pessoas que acreditam que o número de amigos do Facebook corresponde com o número de amigos da vida real.

É claro, a gente sabe que no Facebook sempre tem aquela pessoa que adicionamos por conveniência mesmo, mas mesmo assim, a verdade é que metade das pessoas que você diz que são suas amigas simplesmente não pensa o mesmo a seu respeito.

Um estudo divulgado pelo Mental Floss revela que podemos ter mais amizades unilaterais do que imaginávamos. Para chegar a esse resultado, cientistas do MIT pediram para que 84 universitários avaliassem o quanto eles conheciam as pessoas de suas turmas.

Essa avaliação tinha também uma parte que consistia em dizer se a pessoa era pouco conhecida, amiga ou uma de suas melhores amigas. Além disso, os participantes tinham que prever a resposta das outras pessoas a seu respeito.

Falta reciprocidade

Expressão de choque

Os resultados mostraram que os estudantes acham que as pessoas que eles consideram amigas diriam o mesmo ao seu respeito, o que definitivamente não foi o caso: quase metade de todas as amizades não foi recíproca.

Para os pesquisadores, isso pode ter a ver com status social, uma vez que as pessoas tendem a se dizer amigas de quem tem uma boa reputação social, enquanto as pessoas mais populares são exigentes e sabem muito bem quem podem chamar de amigo.

Manter boas amizades é algo relacionado a grandes benefícios para a saúde, inclusive em termos de longevidade e de saúde mental. Não se sabe, no entanto, se amizades não recíprocas fazem mal, mas certamente esse fenômeno pode nos ajudar a entender melhor as relações de amizade e, em termos de modernidade, a forma como as pessoas percebem suas interações em redes sociais.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.