Como salvar um relacionamento que parece estar perdendo a força?
01
Compartilhamento

Como salvar um relacionamento que parece estar perdendo a força?

Último Vídeo

Em relacionamentos duradouros e com nível maduro de compromisso, como é o caso dos casamentos, é mais comum do que se imagina que, de tempos em tempos, pelos mais diversos motivos, o casal acabe passando por uma fase sem muito brilho, digamos assim.

Em alguns casos, um dos envolvidos acredita que não há mais amor, e aí, antes de se decidir pelo divórcio, o casal acaba procurando ajuda psicológica – o que é sempre uma boa ideia.

O Huffington Post reuniu algumas dicas de terapeutas que trabalham com esse tipo de situação e, ainda que você possa não estar vivenciando essa falta de amor no seu relacionamento, sempre é válido saber o que fazer para que a paixão entre os dois pombinhos volte com tudo. Veja, a seguir, algumas dessas dicas:

1 – Aceite que vocês podem realmente ter que reaprender a gostar um do outro

casal

David McFadden explica que se leva tempo até que o amor ressurja em um relacionamento. Ele nos conta que é necessário diminuir as expectativas e se perguntar o que é preciso ser feito para começar a gostar do parceiro de novo. É de perdão que o casal precisa? É de mais atenção? O ideal é descobrir isso e, a partir de então, elaborar planos de mudança.

2 – Acabe com padrões de comunicação que só fazem mal

simpsons

Quando os dois repetem padrões de conversa que envolvem ofensas verbais, cobranças, chantagem, desdém e outros itens desfavoráveis, fica difícil colocar a primeira dica em prática, por isso é fundamental rever a forma como os dois conversam em momentos de conflito.

Jennifer Chappell Marsh, terapeuta de casais, explica que, geralmente, quanto mais quieta é uma das pessoas da relação, mais barulhenta será a outra. Para ela, aprender a falar de modo gentil e educado é fundamental para que o amor se restabeleça nesse relacionamento.

3 – Quais qualidades da outra pessoa fez com que você se apaixonasse por ela no início da relação?

ansiedade

A dica aqui é da psicoterapeuta Marcia Naomi Berger, que acredita que essa pergunta faz com que muitos casais consigam recuperar sentimentos de amor, afeto e admiração, restaurando a força do casamento. É fácil entender por quê.

4 – Encontre novos interesses em comum

chandler e monica

É totalmente normal que duas pessoas tenham interesses diferentes, mas o problema é quando cada uma vive uma vida diferente, paralela. Para a especialista Danielle Adinolfi, é fundamental encontrar novos hobbies e interesses em comum para que o casal se conecte.

5 – Valorize a vida sexual do casal

casal

A falta de interesse no outro diminui, obviamente, a vontade de fazer sexo, e a ausência de uma vida sexual ativa costuma ser prejudicial para a maioria dos casais. Por isso, vale estabelecer momentos de intimidade, considerando que o sexo é uma forma de construir e de manter o amor entre os dois.

Para a terapeuta Melissa Fritchle, é importante que os casais desenvolvam esse contato de pele porque é ele que libera a ocitocina, o hormônio que nos ajuda a criar vínculos afetivos e que nos causa a sensação de relaxamento.

6 – Seja gentil

casal

Quando você faz algo gentil e doce para a pessoa que está com você, ela vai se sentir especial e vai entender que você se preocupa com ela. Para acender a chama do amor mais uma vez, dedique-se a pensar em situações que façam com que a outra pessoa se sinta apreciada, grata e valorizada. Demonstrações sinceras de afeto sempre unem o casal.

7 – Não culpe a outra pessoa pelo distanciamento que há entre vocês

casal ao telefone

É comum que um dos lados comece a sentir o cheiro de problemas na relação mais cedo, e então é fácil culpar a outra pessoa pelo que parece ser “falta de atenção” da parte dela, mas esse raciocínio não é o melhor nem o mais saudável.

Entenda que a outra pessoa não tem como ler a sua mente, e se a intenção é ter uma relação longa e saudável, é preciso dialogar e deixar que a outra pessoa saiba quais são as suas necessidades e quais são as suas queixas. Falar sobre algo que está errado desde o início é uma atitude que nos poupa muito sofrimento – o jeito é escolher o momento e o jeito certos e evitar que a conversa se transforme em briga.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.