Janeiro: o mês em que todo mundo procura o amor em apps de relacionamento
01
Compartilhamento

Janeiro: o mês em que todo mundo procura o amor em apps de relacionamento

Último Vídeo

Apps de namoro como Tinder, GrindrParPerfeito e outras ferramentas se tornaram muito populares nos últimos anos e acabaram com aquele receio de encontrar pessoas pela internet. Não muito tempo atrás, esse tipo de encontro era bastante malvisto, como se fosse a última opção para os desesperados. Hoje a história é completamente diferente, e os solteiros que não estão em nenhum app de relacionamento é que são vistos como estranhos.

Junto com isso, surgiu um novo mercado, e os pretendentes possuem uma infinidade de opções de namoro e pegação nas lojas de apps do Android e do iOS. Mas parece que janeiro é o mês do ano em que as pessoas estão mais empenhadas em encontrar um novo amor, ou pelo menos uma nova diversão.

Havia um questionamento; pode ser as férias, pode ser o verão, mas verão e férias a gente já tem desde dezembro

De acordo com Marcos Moraes, presidente do Grupo Match para a América Latina, isso tem a ver com as promessas que as pessoas fazem para si mesmas na virada do ano. “Isso a gente vê no mundo inteiro, por isso acabamos concluindo que o boom de janeiro é devido a resoluções de ano novo mesmo. Havia um questionamento; pode ser as férias, pode ser o verão, mas verão e férias a gente já tem desde dezembro”.

Ele explica que o crescimento no número de usuários ativos em janeiro é disparadamente maior que em qualquer outro período do ano e isso se aplica a todas as marcas do grupo, o que inclui Match.com, ParPerfeito, Tinder, Be2 e muitos outros. “Todas as empresas do Grupo Match no mundo têm a mesma sazonalidade”, detalhou. O crescimento de dezembro para janeiro de acordo com Moraes é de 35%, a maior taxa do ano. Depois do ano novo, a data mais importante para os apps de namoro é o dia dos namorados, com o carnaval também sendo de tráfego mais intenso que o normal.

Grátis x Pago

É interessante destacar que a maioria dos apps de encontros do Grupo Match contam com ferramentas gratuitas e alguns recursos disponíveis apenas para assinantes. Portanto, um crescimento de 35% em usuários em um mês pode render alguns milhões de reais em assinaturas.

Apesar disso, muita gente desiste dessas plataformas em seis ou oito meses. Entre os assinantes brasileiros dos apps da Match, 2 mil pessoas por mês afirmam estarem cancelando por terem encontrado uma pessoa para um relacionamento sério.

Janeiro: o mês em que todo mundo procura o amor em apps de relacionamento via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.