Frio nos EUA: iguanas “congeladas” estão despencando de árvores na Flórida
1.065
Compartilhamentos

Frio nos EUA: iguanas “congeladas” estão despencando de árvores na Flórida

Último Vídeo

Você deve estar acompanhando as notícias sobre a onda de frio que vem castigando diversas regiões (especialmente) dos EUA e Canadá nos últimos, certo? Pois, além de fotos impressionantes de nevascas e paisagens invernais, agora começaram a circular fotos iguanas "congeladas" que estão despencando de árvores na Flórida. Isso mesmo, caro leitor! O frio é tanto por lá que as coitadinhas não estão dando conta.

De acordo com Herman Wong, do portal de notícias The Washington Post, as imagens das iguanas começaram a ser compartilhadas no final da semana passada, com um exemplo sendo esse que você pode conferir no tweet a seguir, de Frank Cerabino, que se deparou um com um desses répteis caído na beira da piscina de sua casa, em Boca Raton:

Muito frio

Segundo Herman, no dia em que Frank encontrou a iguana gelada em sua residência, fazia pouco mais de 4 °C na Flórida — temperatura bem abaixo à que os habitantes da região estão habituados a enfrentar no inverno, incluindo os répteis, pobrezinhos.

O que acontece é que, assim como ocorre com outros répteis, as iguanas são animais de sangue frio. O problema é que, conforme explicou Kristen Sommers, da Florida Fish and Wildlife Conservation Commission — uma agência governamental focada na proteção de animais silvestres —, quando a temperatura cai abaixo dos 10 °C, o sangue das bichinhas começa a circular mais lentamente e elas passam a ficar letárgicas.

Só que as temperaturas caíram bem abaixo dos 10 graus e permaneceram baixas por vários dias, o que é bastante incomum na Flórida — e foi então que as iguanas começaram a congelar e a despencar das árvores. De acordo com Herman, os especialistas sugerem que as pessoas que se depararem com os animais evitem tocá-los e, como muito, os coloquem ao sol, já que se esses répteis estiverem nesse estado por curtos períodos de tempo, basta que seus corpos sejam reaquecidos para que eles "ressuscitem".

Mas é importante que a população não tente levar os bichinhos para dentro de casa ou os coloque no interior de seus veículos para que sejam transportados até locais mais cálidos. Em 2010, por exemplo, teve um bom samaritano em Miami que resolveu recolher uma porção de iguanas em estado de "congelamento" temporário e levá-las até o zoológico local. Só que com o calorzinho do automóvel, elas começaram a voltar à vida e a subir pelo corpo do homem — que quase se envolveu em um sério acidente de trânsito por sua boa ação.

Aliás, aparentemente, essa não é a primeira vez que iguanas congeladas "chovem" de árvores nos EUA. Também em 2010, mesmo ano do incidente do homem em Miami, as temperaturas chegaram a – 1 °C no Sul da Flórida e permaneceram baixas durante vários dias, causando a morte de muitos desses répteis, assim como de muitas cobras e outros animais.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.