7 formas de gerar menos resíduos de plásticos
01
Compartilhamento

7 formas de gerar menos resíduos de plásticos

Último Vídeo

Nosso modo de vida agride o planeta diariamente. Podemos até achar que uma mudança de hábito pessoal seria insignificante, pois de que adiantaria só um indivíduo ter consciência, enquanto muitos outros continuam com as mesmas atitudes de sempre, não é? O problema é que a conta está sendo cobrada, e é cada vez mais evidente que precisamos tomar uma atitude.

Veja abaixo 7 sugestões para reduzir o volume de plástico descartado.

1. Use sacolas reutilizáveis de tecido

Essa é uma das formas mais fáceis de se evitar que mais sacolas plásticas sejam descartadas na natureza. As recicláveis não ocupam muito espaço quando dobradas, então é possível carregar uma dentro da bolsa ou colocar em uma gaveta no trabalho. Se você costuma andar de carro por aí, deixe-a dobrada sempre em um lugar visível para não se esquecer. Talvez nem tudo caiba nela, mas quanto menos plástico, melhor.

2. Utilize garrafas e copos reutilizáveis

Já sabe que vai passar um bom tempo na rua e precisa se hidratar? Leve sua garrafa de água. Com isso você não gasta dinheiro e ainda evita que mais um recipiente plástico entre na lenta fila da decomposição, com sorte dentro de um aterro sanitário. No escritório ou em casa, não existe desculpa: use sempre copos reutilizáveis.

3. Não use canudos de plástico

Eles são pequenos e parecem inofensivos, mas para os animais são praticamente uma sentença de morte. Já falamos aqui no Mega sobre os danos que eles causam à natureza. Em restaurantes, sempre opte por copos de vidro e evite que esses pequenos objetos prejudiquem ainda mais a vida dos animais.

4. Use fósforo em vez de isqueiro

Seja para acender um fogão ou um cigarro, o auxílio de um isqueiro torna a tarefa muito mais fácil, mas saiba que existe um preço para isso. A utilização de fósforo é mais ecológica porque a madeira dele se decompõe muito mais rápido — ao contrário do que acontece com o plástico, que, além de se decompor muito lentamente, muitas vezes é ingerido por animais e causa mais problemas ainda.

5. Use fraldas de pano

Essa é uma questão complicada, mas com muita influência na poluição do planeta. Fraldas descartáveis para bebês são extremamente práticas, ainda mais em um período da vida em que os pais já têm um acréscimo considerável de tarefas. O grande problema é que elas levam 500 anos até se decomporem. Considerando a facilidade e o preço relativamente acessível, a troca por fraldas de pano é uma decisão geralmente difícil, mas pode fazer toda a diferença.

6. Prepare seus próprios lanches

Na correria do dia a dia, nada mais fácil do que parar em uma lanchonete e pedir aquele salgado para viagem. Mas você já pensou na quantidade de embalagens utilizadas? Programando seu dia e preparando seus próprios lanches, você pode até os tornar mais saudáveis e utilizar recipientes descartáveis. Contudo, se comprar é a única opção, procure levar o recipiente e pedir que coloquem o lanche nele. Economia para quem vende, e o meio ambiente agradece.

7. Plante seus próprios vegetais

Esse é um plano bem mais ousado, mas que vale a pena por diversos motivos. Quando você cultiva seus próprios alimentos, sabe que eles não possuem agrotóxicos; além disso, a atividade funciona como uma terapia, aliviando grande parte do stress cotidiano nos cuidados da horta. Com a oferta de alimentos frescos e de ótima qualidade, é possível que você se empolgue também em aprender novas receitas. Isso sem falar na quantidade de plástico não utilizado, pois o transporte vai ser direto do quintal para a cozinha.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.