Mulher é presa por infernizar vizinhos durante 16 anos com a mesma ópera
800
Compartilhamentos

Mulher é presa por infernizar vizinhos durante 16 anos com a mesma ópera

Último Vídeo

É normal que as pessoas ouçam uma música repetidamente quando a canção toca fundo em seu coração ou é extremamente grudenta, mas nada se compara ao que Eva N. fazia: todos os dias, às 6 horas da manhã, ela colocava a ária “La Traviata”, de Giuseppe Verdi, na voz de Plácido Domingo, em alto e bom som para ouvir. Ela acionava o botão Repeat e só desligava as caixas de som, cuidadosamente colocadas em sua varanda, por volta das 10 horas da noite!

É isso mesmo: Eva passava o dia ouvindo a mesmíssima música de 4 minutos de duração e fazia todos os seus vizinhos se juntarem a ela nessa grande ópera. E sabe quanto tempo durou isso? Nada menos do que 16 anos! DEZESSEIS ANOS! D-E-Z-E-S-S-E-I-S-F-U-C-K-I-N-G-A-N-O-S! Obviamente, isso irritou seus vizinhos – o caso aconteceu na pequena Štúrovo, a 160 km de Bratislava, na Eslováquia.

A galera tentou negociar com Eva para que a música não enchesse tanto o saco, mas ela nunca acatava os acordos. A polícia foi chamada diversas vezes, até que o caso foi parar nos tribunais. Em 2015, ela foi proibida de tocar a “La Traviata”, aceitando a ordem por dois anos, voltando com força total em 2017. Foi quando o caso foi parar na Suprema Corte do país, que acatou o pedido dos vizinhos e proibiu Eva de continuar ouvindo a música. O que ela fez? Ignorou a Suprema Corte, é claro! Resultado: foi presa.

Em 1999, o lugar onde Eva morava passou a ser conhecido como “A Casa Cantora”. Isso foi logo depois de ela se mudar para lá e a musicalidade ainda ser “legal” – segundo Eva, só a ópera era capaz de neutralizar os latidos de um vizinho. Porém, mesmo após a morte do cão há alguns anos, os “concertos” continuaram. E o pior: Eva dizia que seus vizinhos eram loucos e deveriam ser internados. É mole?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.