Torneio de futebol mais triste do mundo premia vitoriosos com caixões

Torneio de futebol mais triste do mundo premia vitoriosos com caixões

Último Vídeo

Ao disputar campeonatos, certamente o seu time do coração espera ganhar troféus e medalhas, além, é claro, uma generosa contribuição para o caixa do clube. Só que, no Peru, um torneio de futebol amador está mostrando que nem tudo na vida se resume a dinheiro. A Copa Ataúdes — algo como 'Copa Caixões' — acontece anualmente em Juliaca, no sudeste do país, e premia os três times mais bem colocados na disputa com nada menos do que caixões mortuários.

Tão incomuns quanto o prêmio que está em jogo são as 12 equipes que participam do campeonato. Cada time representa uma grande funerária da região, e nem mesmo os seus nomes escapam dessa atmosfera funesta: "Descanse em Paz", "Último Adeus, "Estrada para o Paraíso" e "Sonho Eterno" são alguns exemplos. Com base nessas informações, não chega a ser tão estranho o fato de a recompensa mais cobiçada ser um objeto representativo para o ramo funerário.

(Reprodução/Oddity Central)

À primeira vista, parece pouco vantajoso para os jogadores participarem de tantas partidas apenas para conquistar um caixão que terá de ser dividido com os outros membros da equipe; isso, no entanto, não impossibilitou que os rapazes do Funerária Flores, vencedores do último torneio, desfilassem, cheios de orgulho, com um caixão de luxo em seus ombros. A peça, avaliada em 4,5 mil sóis peruanos —  aproximadamente 5,3 mil reais na cotação atual —, é bem mais sofisticada do que as recebidas pelos segundo e terceiro colocados na insólita disputa.

(Reprodução/Ahora Noticias)

Os organizadores da Copa Ataúdes de Juliaca demonstraram orgulho em serem os primeiros do mundo a oferecer urnas mortuárias como prêmios em uma competição esportiva e garantiram que, na próxima edição do evento, modelos ainda mais caros e opulentos estarão em jogo. Nada foi dito sobre como os membros das equipes vencedoras pretendem dividir a recompensa; especula-se, porém, que eles venderão os caixões e dividirão o lucro entre si. Justíssimo, não acha?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.