Conheça Abiy Ahmed, o ganhador do prêmio Nobel da Paz em 2019

Conheça Abiy Ahmed, o ganhador do prêmio Nobel da Paz em 2019

Último Vídeo

Anunciado na última semana no Instituto Nobel, na Noruega, o ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2019 tem representado uma esperança para os conflitos armados da Etiópia. Trata-se de Abiy Ahmed, primeiro ministro do país desde abril de 2018. O período de pouco mais de um ano tem sido usado pelo premiê para colocar em prática um acordo de paz entre a Etiópia e a Eritreia, um território que faz divisa com o país africano. 

Para o Instituto Nobel, as ações de Ahmed foram considerdas atitudes louváveis que buscam a "reconciliação, solidariedade e justiça social". A Etiópia e a Eritreia vivem há mais de duas décadas em conflito e estima-se que 80 mil pessoas morreram no período em decorrência disso. 

Embora o anúncio do Nobel da Paz tenha acontecido para o mundo na sexta-feira  (11), os organizadores afirmaram que até aquele momento não haviam conseguido contato com Abiy Ahmed. A comemoração veio horas depois, pelo Twitter do primeiro-ministro, que disse "Estamos orgulhosos como nação!".

Os ganhadores do Prêmio Nobel recebem cerca de 9 milhões de coroas sueca (mais de R$ 3,75 milhões). A entrega oficial do prêmio está marcada para acontecer em dezembro, no dia 10. 

Abiy Ahmed: o Nobel da paz em 2019. Reprodução: Bored Panda

Do povo

Amiy Ahmed assumiu o cargo no lugar de Hailemariam Desalegn, que saiu sob muitos processos. Ahmed também é do partido Oromo, que, por ocasião, também é o nome do maior grupo étnico da Etiópia. Considerado um líder carismático, o acordo de paz selado entre os dois territórios aconteceu logo no início do seu mandato, em julho de 2018.

A escolha dos Nobel

Embora o nome do premiê da Etiópia aparecesse nos bancos de apostas, acreditava-se também que a ativista ambiental Greta Thunberg, de 16 anos, pudesse ser a eleita deste ano. Thunberg esteve recentemente nas manchetes mundiais falando sobre a necessidade urgente dos países e governos adotarem medidas contra as mudanças climáticas e, principalmente sobre as questões das queimadas na Amazônia. As declarações viraram uma pedra no sapato do Planalto, que precisou se pronunciar sobre as declarações da jovem.

O Instituto Nobel só divulga a lista de indicados após a divulgação do resultado. Em 2019, havia 301 finalistas: 228 pessoas e 78 organizações. 

Nomes como Nelson Mandela, Malala Yousafzai e instituições como Médico Sem Fronteiras e Organização das Nações Unidas (ONU) já estiveram na lista de ganhadores do Nobel da Paz. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.