Garota de 11 ataca crocodilo para salvar amiga

Garota de 11 ataca crocodilo para salvar amiga

Último Vídeo

Ataques de crocodilos estão se tornando comuns e preocupando as autoridades do Zimbábue, mas um caso recente chamou a atenção pelo perigo e pela coragem. Uma garota de 11 anos está sendo saudada como heroína pela comunidade local. O motivo? Salvou a amiga, de nove anos, do ataque de um crocodilo. Rebecca Munkombwe não hesitou em salvar Latoya Muwami quando percebeu que ela estava sendo atacada por um crocodilo durante um mergulho em um riacho próximo à cidade de Sinderela.

De acordo com o noticiário local, Rebecca e outros amigos estavam voltando de um mergulho no riacho quando ouviram os gritos de Latoya que ainda estava na água e era arrastada pelo crocodilo. Enquanto os amigos estavam em choque, Rebecca correu em direção à água e pulou em cima do crocodilo. Em um primeiro momento ela tentou agredi-lo na cabeça e nos olhos com socos, mas não obteve sucesso. Então, a garota cutucou os olhos do animal até que ele soltasse a amiga.

Ela contou ao The Sunday News que os amigos haviam acabado de sair da água quando ouviram os gritos da garota dizendo que algo estava mordendo sua mão. “Como eu era a mais velha, senti vontade de salvá-la”, disse.

Foto: Pixabay

O crocodilo havia agarrado a amiga na mão e na perna e o instinto de Rebecca foi imediato. “Pulei em cima do crocodilo e comecei a bater com as mãos antes de usar os dedos para cutucar os olhos até que a soltasse. Uma vez que ela estava livre, nadei com ela até a margem onde as outras crianças a puxaram para fora da água. Felizmente, o crocodilo não nos atacou depois que libertou Latoya ”, complementou.

A heroína não sofreu nenhum ferimento durante o resgate. A garota de 9 anos teve ferimentos leves e foi encaminhada a um hospital da região. Fortune Muwani, pai de Latoya, estava no trabalho quando soube que a filha havia sido atacada por um crocodilo e confessou que pensou no pior antes de saber do resgate heroico. “Como ela conseguiu fazer isso, não sei, mas sou grato a Deus. Latoya está se recuperando bem aqui em St. Patrick e esperamos que ela seja liberada assim que seus ferimentos melhorarem”, disse.

As autoridades locais afirmaram que os ataques de crocodilos estão se tornando preocupantes e um dos principais motivos pelo aumento no número desse tipo de incidente é a falta de fontes acessíveis de água, o que força as pessoas a utilizarem locais desprotegidos, como o riacho no qual a garota foi atacada.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.