Brexit: Reino Unido vive suas últimas horas na UE

Brexit: Reino Unido vive suas últimas horas na UE

Último Vídeo

Hoje é o último dia em que o Reino Unido fará parte oficialmente da União Europeia, um bloco econômico e político que visa alinhar os interesses da região da Europa. Agora, sem essa nação, o bloco contará apenas com 27 países.

Relembre o caso

Em 23 de junho de 2016, ocorreu uma votação popular no Reino Unido para decidir se a região deixaria o bloco econômico. A decisão acabou sendo aprovada por cerca de 52% da população.

O prazo inicial era de que a nação deixasse o bloco em 29 de março de 2019, o que não foi cumprido. Após alguns adiamentos, o prazo de saída se fixou em até 31 de março de 2020. A demora se deu devido a problemas relacionados aos acordos de retirada.

A versão aceita pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson, conta com alguns pontos polêmicos, como uma fronteira alfandegária que será criada entre a Irlanda do Norte e o Reino Unido, com a inspeção de mercadorias e taxamento de impostos.

Brexit teve 52% de aprovação pela população britânica (Divulgação/Pixabay)

Entenda o que muda para os visitantes

Para estrangeiros que querem visitar a região, as regras atuais não sofrerão nenhuma mudança. Para viagens com duração de menos de seis meses, não é necessária a obtenção de um visto. Porém, uma documentação ainda é necessária para a obtenção de um certificado local.

Com relação aos vistos para trabalho e estudo, cada país do bloco já estabelecia suas próprias regras, o que impedia um estudante na Dinamarca de se matricular em um colégio na Alemanha, por exemplo.

Entretanto, brasileiros que tenham nacionalidade europeia teriam até o dia de hoje para irem até o Reino Unido para estudar ou trabalhar. Após esse tempo, novas regras ainda serão estudadas e que afetarão principalmente os moradores de países da União Europeia que tenham acordos especiais com o Reino Unido.

Brexit não afetará turistas e estrangeiros que querem trabalhar ou estudar na região. (Divulgação/Pixabay)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.