Seja o primeiro a compartilhar

A história do homem que fraudou o McDonald’s e lucrou 24 milhões de dólares

Quem conhece o McDonald’s – indiscutivelmente a maior rede de fast food do mundo – sabe que volte e meia há uma promoção interessante para os compradores de seus produtos. Geralmente estamos falando de brinquedos e brindes que servem para chamar a atenção das crianças (e alguns adultos). Porém, no passado, o restaurante já fez promoções realmente tentadoras e que chegaram a distribuir muito dinheiro para os seus clientes.

Aproveitando-se de uma dessas ações publicitárias, Jerry Jacobson conseguiu ir além e faturou nada menos do que 24 milhões de dólares em um esquema fraudulento que durou cerca de 12 anos. Isso mesmo que você leu: uma única pessoa levou para casa mais de R$ 50 milhões com base em uma brincadeira do McDonald’s em parceria com o jogo de tabuleiro Monopoly.

A fraude, que começou na década de 80, se tornou tão famosa que muitos tentaram reproduzi-la para enganar também o McDonald's, mas sem sucesso. Foi somente nos 2000 que a polícia finalmente conseguiu desmantelar o esquema enquadrando os culpados e fazendo-os pagar pelo crime cometido.

Como o caso fez muito sucesso e é lembrado por muitos, a HBO resolveu transformar a história em um documentário curiosamente chamado de “McMillions” – um trocadilho claro entre o nome McDonald's e as cifras milionárias. Mas afinal, como Jerry Jacobson conseguiu faturar tanto dinheiro aproveitando-se de uma simples promoção do McDonald’s? Seria possível fazer algo assim atualmente?

Como o esquema do McDonald's aconteceu?

Essa promoção do McDonald’s em parceria com o jogo de tabuleiro Monopoly começou em 1987 e sua premissa é bastante simples: pequenas pedaços de papel pertencentes ao jogo eram anexados a alguns produtos da rede de fast food. Esses papéis representam uma “propriedade” do jogo e alguns continham a garantia de um prêmio.

Segundo as regras da própria promoção do McDonald's, uma em cada quadro peças tinha como premiação pequenas recompensas, como um copo de refrigerante ou uma batata frita. Contudo, uma pequeníssima parcela desses papéis continha um prêmio significativamente mais valioso, tal como um carro ou, se combinadas as peças certas, um prêmio em dinheiro no valor de 1 milhão de dólares.

Na teoria, se todos jogassem de forma justa, a ocorrência de um prêmio de valor alto seria muito baixa. Na prática, ninguém deveria ter conseguido juntar as peças certas para conquistar as mais altas premiações. Porém, se você é a pessoa que distribui as peças para as outras pessoas, certamente pode dar um jeito de conseguir reunir o que precisa para levar para casa o prêmio maior. E foi exatamente isso que Jerry Jacobson fez para roubar o McDonald's.

Roubando as peças certas do McDonald's

Jerry Jacobson era o responsável por distribuir os pequenos pedaços de papel para as redes de restaurante que estavam participando da promoção. Como ele tinha nas mãos uma grande quantidade de peças que poderiam representar um prêmio alto, tudo o que ele precisava fazer era separar as peças certas, substituí-las com peças comuns, selar o envelope que havia recebido e passá-lo adiante como se nada tivesse acontecido.

Foi exatamente o que ele fez de forma sucessiva por 12 longos anos. Para diminuir as suspeitas, sempre que um prêmio iria ser resgatado, ele escolhia pessoas diferentes para fazer isso com a promessa de que elas poderiam ficar com uma parcela da premiação. Nesse esquema, uma grande quantidade de pessoas foi envolvida, desde donos de casa de strip-tease, mafiosos e até traficantes de drogas.

Entre os anos de 1989 e 2001, Jerry Jacobson distribuiu milhares de dólares nesse esquema fraudulento, mas faturou sozinho mais de 24 milhões de dólares. Com uma movimentação de dinheiro dessa magnitude, não é surpresa nenhuma que o golpe uma hora chamaria a atenção das autoridades policiais.

Contudo, foi somente com base em uma denúncia anônima que o FBI começou a investigar o caso. Após perceber que um único ganhador e pessoas próximas a ele estavam ganhando prêmios elevados nessa promoção do McDonald’s, o agente especial Richard Dent se disfarçou de um repórter que iria entrevistar os vencedores dessa promoção.

Jerry Jacobson

Ligando as peças, o agente do FBI conseguiu chegar ao nome de Jerry Jacobson e finalmente desmantelou o esquema do McDonald's em agosto de 2001. Dezenas de pessoas foram presas e muitas delas foram obrigadas a devolver todo o dinheiro roubado.

Jacobson foi acusado de conspiração por cometer crime de fraude fiscal. Ele foi condenado por 15 anos de prisão e concordou em pagar 12,5 milhões de dólares em restituição – apenas uma parcela do que havia ganhado com o seu esquema fraudulento. Hoje, pouco se sabe sobre a vida de Jerry Jacobson, mas muitos dos que participaram desse golpe trabalham até hoje para conseguiu reparar os danos causados aos cofres bilionários do McDonald’s.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER