Bife vegano quase perfeito pode ser feito em impressora 3D

Bife vegano quase perfeito pode ser feito em impressora 3D

Último Vídeo

As pessoas veganas têm muitos motivos para deixar de comer proteína animal, como o fato de ser melhor para o meio ambiente e evitar o sofrimento dos animais. Contudo, muitas pessoas que até concordam com esses argumentos não deixam de comer carne por uma razão bem simples: sabor. 

Uma empresa israelense chamada Redefine Meat talvez tenha a solução para esse problema, pois afirma ter criado um bife apenas com ingredientes vegetais, bastante fiel ao real, com a ajuda de impressoras 3D. 

Aqui mesmo, no Brasil, nós já podemos encontrar nos supermercados vários produtos que imitam carne "de verdade" com certo sucesso. É um segmento que está crescendo no mundo todo e deve valer 8,1 bilhões de dólares até 2026, segundo dados divulgados pela agência de notícias France 24h. Mas a Redefine Meat, com certeza, alcançou outro nível de imitação de carne. 

Um pedaço de Um pedaço de "carne alternativa". Parece real, né?(Fonte: YouTube/Reprodução)

Como é feito o bife impresso em 3D?

O produto, batizado de "Alt-Steak", é formado por três fórmulas — o músculo, a gordura e o sangue —, que são colocadas em uma impressora 3D e dispostas como em um pedaço de carne bovina. 

Cada uma das fórmulas usa ingredientes de origem vegetal, como soja e outros legumes, mas com modificações em laboratório, para obter as mesmas características da carne bovina. Para isso, aliás, a empresa Redefine Meat trabalhou com chefs de cozinha, açougueiro, engenheiros de alimentos e uma companhia suíça de aromatizantes. 

O resultado é aparência, textura, cheiro e gosto extremamente semelhantes aos de qualquer bife que compramos no supermercado. Até o cheiro que sobe pela cozinha quando a carne vai para a panela era uma preocupação da empresa, segundo o CEO.

O processo de produção do Alt-Steak (Fonte: Youtube/Reprodução)O processo de produção do Alt-Steak (Fonte: Youtube/Reprodução)

É mesmo igual à carne "de verdade"?

Em um vídeo promocional da Redefine Meat, um chef de cozinha foi convidado para provar o Alt-Steak e, depois, fazer uma de suas receitas com ele. Embora tenha observado que o processo de cozimento da "carne alternativa"  é um pouco diferente do da natural, o resultado no prato é praticamente o mesmo. 

Segundo ele, oito em cada dez pessoas — principalmente nós, que não somos especialistas — não seriam capazes de notar a diferença. O Alt-Steak até solta aquele mesmo "suco" quando mordemos a carne.

Um prato feito com o bife impresso em 3D(Fonte: Redefine Meat/Reprodução)Um prato feito com o bife impresso em 3D. (Fonte: Redefine Meat/Reprodução)

A Redefine Meat pretende começar a distribuição de seu produto para restaurantes em 2021. Também serão comercializados a impressora 3D e os ingredientes — tudo criado e patenteado pela empresa. Segundo o CEO, além de ser menos agressivo ao meio ambiente e evitar o sofrimento animal, o Alt-Steak é mais saudável, tem menos colesterol e pode ter custo menor que um bife natural.

E você, trocaria sua carne por esse produto?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.