Câmera escondida flagra garotinho indo dormir com seu cachorro

Câmera escondida flagra garotinho indo dormir com seu cachorro

Último Vídeo

Um garotinho de quase dois anos de idade intrigou sua mãe ao encontrá-lo em uma manhã dormindo com seu cachorro. Finn Knudston havia sido colocado para dormir em sua cama, mas era encontrado de manhã no chão ao lado de Brutus, que dorme em seu quarto. Para descobrir o que estava acontecendo, Paige, a mãe da criança, ativou uma câmera escondida em uma babá eletrônica.

(DogTooth Media/Reprodução)(DogTooth Media/Reprodução)

(DogTooth Media/Reprodução)(DogTooth Media/Reprodução)

A partir da gravação, ela se deparou com imagens bem fofinhas. Nelas, Finn acorda no meio da noite, agarra seu cobertor, desce da cama e se junta ao cão. Brutus quase nem se move enquanto Finn tenta se ajeitar cuidadosamente ao lado do amigo. Inclusive, o cão nem se importa quando o garoto o usa como travesseiro, afinal, um ser bem peludo deve ser bastante confortável para deitar. Segundo Paige, os dois sempre acabam dormindo juntos e são inseparáveis.

Confira o vídeo:

O melhor amigo do homem

Finn ainda é uma criança, mas a cumplicidade entre o cão e o garoto é bastante impressionante. Brutus se sente muito confortável na presença de seu amigo humano e quase não se importa quando ele invade sua cama no meio da noite. Paige ainda comentou, em entrevista ao site Bored Panda, que o cachorro sempre dormiu perto de Finn. “Inicialmente, Brutus dormia no tapete em frente ao berço todas as noites”, contou.

Quando o menino cresceu um pouquinho e passou a ter uma cama só para ele, seu amigo canino continuou a repousar ao seu lado. Segundo a mãe, parecia que o cão estava lá para impedir que o garoto saísse da cama. Com a esperteza da criança, os dois se entrelaçaram por algumas noites para dormir juntos de forma confortável.

Paige, que trabalha como enfermeira de emergências, também explicou que teve algumas complicações durante sua gravidez que quase impossibilitaram que esse doce momento acontecesse. 

A descoberta de uma doença cardíaca durante esta fase preocupou a família, mas felizmente, após o nascimento do bebê os procedimentos necessários para garantir sua saúde foram todos muito bem-sucedidos. 

A mãe acredita que Brutus tenha se aproximado ainda mais de seu filho para garantir que ele ficaria bem. “Era como se Brutus soubesse que Finn precisava de um monitoramento mais próximo e ele está ao seu lado desde então”, completou.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.