Japão lida com 'epidemia' de pessoas dormindo no meio da rua

Japão lida com 'epidemia' de pessoas dormindo no meio da rua

Último Vídeo

A polícia da província de Okinawa, no Japão, tem registrado um crescente número de casos de cidadãos dormindo, literalmente, no meio das ruas locais. O fenômeno foi batizado de rojo-ne —  palavra japonesa que descreve o ato de tirar um cochilo no asfalto.

Apenas em 2019, as autoridades locais registraram mais de 7 mil casos de indivíduos adormecidos nas estradas de Okinawa, que em algumas das ocorrências resultaram em atropelamentos ou falecimentos. A cidade tem lutado para combater o rojo-ne e dar um fim ao problema que tem assombrado a região por muitos anos. 

Os bêbados adormecidos de Okinawa

Em entrevista para o jornal japones Mainichi, o chefe da polícia de Okinawa, Tadataka Miyazawa, disse nunca ter se deparado com algo tão bizarro em outras regiões do país. "Acho que nós somos os únicos a coletar dados sobre o rojo-ne. Inclusive esse é um termo que eu só fui conhecer aqui. Acredito que esse fenômeno seja único de Okinawa", destacou o policial.

A resposta para o crescente número de casos de indivíduos dormindo na rua pode estar em um único elemento: o álcool. Na maioria das vezes, os dorminhocos encontram-se extremamente embriagados, chegando a oferecer certo perigo para aqueles que tentam acordá-los.

As autoridades locais aconselham seus cidadãos a manterem-se afastados quando se depararem com um caso de rojo-ne. Nessas ocasiões, o correto seria ativar o pisca-alerta do veículo e solicitar ajuda imediata da polícia, evitando com que os infratores acabem gerando algum conflito ou briga com civis.

Multas por dormir na rua

Uma breve busca no Google pelo termo rojo-ne oferece uma série de imagens de indivíduos apagados no asfalto enquanto os veículos transitam normalmente pela rua. Infelizmente, nem todos sobrevivem para aparecer em uma foto supostamente divertida na internet.

No ano de 2019, foram 16 acidentes de carros registrados pela polícia de Okinawa envolvendo pessoas dormindo no asfalto. Em três oportunidades, a colisão resultou em alguma fatalidade. 

Justamente por isso a província tem recorrido a criação de multas severas para aqueles que cometerem esse tipo de infração e aumentado a divulgação em canais de rádio e de televisão. Portanto, um 'praticante' de rojo-ne está sujeito ao pagamento de uma multa de 50 mil yens — algo em torno de R$ 2,5 mil.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.