Idosa chinesa vive com 1300 cachorros, 100 gatos e quatro cavalos

Quem tem animais de estimação sabe que por mais que eles possam ser fofos e amorosos, também podem fazer bagunça e dar muito trabalho. Por isso, pode ser difícil imaginar a vida de Wen Junhong: a chinesa de 68 anos vive com mais de 1300 cachorros, 100 gatos e quatro cavalos, além de vários coelhos e pássaros. Wen Junhong resgatou seu primeiro cachorro da rua há vinte anos, e desde então ela não parou de adotar animais abandonados. 

Chinesa segue recebendo cachorros abandonados.
Chinesa segue recebendo cachorros abandonados. Fonte: Oddity Central/Reprodução

Wen leva uma vida regrada: todos os dias ela levanta às 4 da manhã e limpa as gaiolas, de onde são retirados de 20 a 30 barris de lixo diariamente. Depois, ela cozinha mais de 500 quilos de arroz, vegetais e carnes para os animais. A chinesa justifica a quantidade de adoções dizendo que nas ruas os cães enfrentam muitos riscos, incluindo acidentes de carro ou a captura pelo comércio de carne de cachorro, enquanto em sua casa eles permanecem saudáveis.  

Animais consomem meia tonelada de comida por dia.
Animais consomem meia tonelada de comida por dia. Fonte: AFP/Reprodução

A chinesa tenta encontrar novos donos para adotar os animais sob a sua guarda, mas ela diz que essa não é uma tarefa fácil. Seu trabalho de resgate ficou conhecido na cidade de Xunquim, e isso atraiu pessoas que abandonam novos cachorros regularmente em frente ao seu portão. A cada novo animal que é abrigado em sua casa, menos espaço eles têm coletivamente. Isso levou muitos defensores de animais a criticarem a condição em que os animais vivem, mas ela defende ser preciso mantê-los engaiolados para evitar brigas. 

Wen tem ajuda de seis voluntários para cuidar dos animais.
Wen tem ajuda de seis voluntários para cuidar dos animais. Fonte: Oddity Central/Reprodução

Dificuldades

Cuidar de tantos animais exige um grande gasto financeiro. Por isso, Wen precisou vender seu apartamento, fez vários empréstimos e utiliza toda a sua pensão e economias que fez ao longo da vida. Ela também recebe doações de alguns de seus seguidores em redes sociais. Felizmente ela não precisa fazer todo o trabalho sozinha: a chinesa tem uma equipe de seis voluntários que ajudam a cuidar das centenas de animais. A tarefa não é fácil, e todos têm marcas de arranhões e mordidas para provar.  

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.